Na cidade

Alto do Restelo vai ter mais de 600 casas com rendas acessíveis

O local vai ter ainda uma creche e milhares de metros quadrados de áreas verdes.
Uma imagem do projeto.

O anúncio foi feito pelo presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina. O Alto do Restelo, revelou o autarca, é uma das próximas paragens do programa de Renda Acessível, procurando assim trazer “centenas de jovens e famílias da classe média” para esta zona da cidade de Lisboa.

O programa dedica-se a encontrar e disponibilizar habitações, que depois são sorteadas entre os candidatos, com rendas mais comportáveis, permitindo aos mais jovens e famílias que fiquem no centro da cidade.

Outra imagem do projeto.

Segundo revela agora o autarca no seu Facebook, o projeto do Alto do Restelo prevê dois lotes de construção, com 629 habitações e também comércio local. O local vai ter ainda uma creche e milhares de metros quadrados de áreas verdes.

Todos os programas de habitação da autarquia estão disponíveis na página Habitar Lisboa. Os interessados devem inscrever-se, escolher o programa que se adequa aos seus rendimentos, e serão depois notificados. O preço das rendas no programa de renda acessível depende do rendimento do agregado, nunca podendo representar mais de 30 por cento do rendimento líquido, sendo que para quem tem filhos a taxa de esforço é menor.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT