Na cidade

Antiga estação do Arco do Cego vai ser transformada num centro de inovação

O Técnico Innovation Center terá uma exposição de arte aberta a todos, bem como um espaço de restauração.
Despeça-se da estação.

A história da estação do Arco do Cego data de 1882. Até 1997 serviu como um ponto de recolha dos elétricos da Carris. Depois foi um terminal rodoviários, antes de se tornar em parque de estacionamento — a função que desempenha atualmente. Parece, no entanto, que a vida voltará ao Arco do Cego, graças ao Técnico Innovation Center, do Instituto Superior Técnico (IST).

A universidade e a autarquia de Lisboa já tinham assinado um protocolo de cedência do espaço há uma década, quando ficou decidida a criação deste novo centro de inovação. Os planos foram-se arrastando, mas tornar-se-ão realidade já em 2023, ano em que o Técnico Innovation Center será inaugurado, garante Rogério Colaço, professor e presidente do IST.

O enorme edifício terá diferentes funcionalidades, onde 1000 metros quadrados estão reservados para um espaço colaborativo, onde os alunos do Técnico se podem juntar a empresas para criarem novos projetos. Se tiverem veia de empreendedores podem até usar a área para criar uma nova startup. E cultura também não faltará: 2000 metros quadrados serão reservados para uma área exposição aberta ao público. Quem lá passar também encontrará uma área de restauração, de 1000 metros quadrados.

Tudo isto foi possível graças a um investimento de 13,9 milhões de euros, vindos da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo e da seguradora Fidelidade.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT