Na cidade

As bicicletas elétricas da Bolt já chegaram a Coimbra

Têm um painel de controlo que avalia a velocidade e faz testes de reação para que não sejam usadas por condutores embriagados.
São super modernas.

As deslocações em Coimbra podem não ser tão difíceis quanto em Lisboa, mas a cidade conhecida pelas suas universidades também tem os seus engarrafamentos. Por vezes, as bicicletas, embora mais lentas, conseguem ser o meio de transporte mais rápido. Porém, nem todos têm um destes veículos. Algo que deixará de ser um problema graças à chegada das bicicletas elétricas da Bolt a Coimbra, esta segunda-feira, 2 de maio.

Para celebrar esta estreia, a plataforma de mobilidade está com um preço especial nas viagens — custam apenas cinco cêntimos por minuto. A novidade, além de facilitar a vida dos locais, pretende normalizar os meios de transporte mais amigos do ambiente na cidade.

“Trabalhamos desde sempre para tornar as deslocações nas cidades fáceis, ágeis e fiáveis – uma das razões pelas quais temos vindo a introduzir os nossos produtos de micromobilidade num número crescente de localizações. A outra, em linha com os nossos valores de sustentabilidade, prende-se com o facto de estas serem uma solução perfeita para reduzir o volume de trânsito — e consequentemente as emissões de CO2 — nos centros urbanos”, explica Santiago Páramo, responsável de micromobilidade da Bolt em Portugal, em comunicado.

As bicicletas incluem testes de reação para impedir que sejam utilizadas por parte de pessoas sob o efeito de álcool, um carregador no volante para os telemóveis, um GPS e um painel de controlo onde será possível verificar se a velocidade de circulação vai ao encontro do limite estipulado na zona.

As estações estarão no Largo da Portagem, Parque Verde, Praça da República, Calçada Martim de Freitas, Pátio da Inquisição, Rua do Brasil e em todos os polos da Universidade de Coimbra.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT