Na cidade

As histórias esquecidas dos mais icónicos edifícios portugueses à beira da demolição

Conheça a cronologia de alguns prédios emblemáticos que ajudaram a construir o legado de várias cidades.
Os edifícios Fontes Pereira de Melo estão em risco de serem demolidos.

Colecionam histórias desde a construção da primeira viga até à última restauração. Por trás de cada parede e fachada erguida (restaurada e demolida) se fez a história de tantos edifícios históricos portugueses, que marcaram o legado de grandes cidades do nosso País, como Lisboa, Porto, Viana do Castelo e Caldas da Rainha.

Uns ficaram imortalizados em quadros, fotografias e histórias peculiares, outros acabaram abandonados ou demolidos. E até há edifícios que foram totalmente reformados, mas que têm agora traços que pouco fazem lembrar as icónicas arquiteturas originais. A verdade é que com o passar dos anos, o antigo dá lugar ao novo e mesmo com boas e más decisões sobre o presente e o futuro de muitos dos prédios históricos, fica no espaço uma réstia de esperança de que não são esquecidos. 

A reconhecer o passado, dar valor ao presente e a projetar o futuro, a plataforma de imobiário Imovirtual foi descobrir as narrativas escondidas por detrás das fachadas de emblemáticos edifícios portugueses. Entre eles o Monumental, em Lisboa, Palácio de Cristal, no Porto e Prédio Coutinho, em Viana de Castelo. Em comum: “foram todos alvos de demolição”, escreve o portal imobiliário. Enquanto dos dois primeiros restam alguns resquícios das construções originais, o último aguarda os seus últimos dias até ser desfeito, em setembro ou outubro deste ano. De todos, só resta o bom nome.

A estes juntam-se ainda o Hotel Lisbonense, agora Hotel Sana Silver Coast nas Caldas da Rainha, o Panorâmico de Monsanto e o conjunto de Prédios Devolutos de Picoas, em Lisboa. Ao todo, contribuíram à sua maneira para a riqueza arquitetónica do território lusitano, quebrando barreiras e marcando diversas gerações.

De seguida, carregue na galeria para conhecer as histórias destes edifícios icónicos, que representam um passado que, mais ou menos presente, pertence ao legado de Portugal e dos portugueses.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT