Na cidade

Assembleia de Lisboa quer transportes grátis para jovens, idosos e desempregados

A proposta deverá ser discutida e votada por Carlos Moedas, que já tinha mostrado interesse na redução do preço dos passes.
Os transportes poderão ser gratuitos.

Lisboa prepara-se para mais um medida de incentivo à utilização dos transportes públicos. Depois de uma moção no final de março que propunha a alteração do preço dos passes, o objetivo é fazer com que a sua utilização seja isenta de custos para determinados grupos de utilizadores. A recomendação foi feita na Assembleia Municipal e passa por disponibilizar o acesso gratuito de jovens, desempregados e idosos aos meios de transporte na autarquia.

A proposta de criação de um programa municipal de mobilidade sem custos para os munícipes foi apresentada pelo Bloco de Esquerda e contou com votos contra de quase todos os partidos representados. Já na votação ponto a ponto do projeto apresentado foi aprovado quem deveria beneficiar de tal medida.

Segundo a agência Lusa, aqui citada pelo “Notícias ao Minuto”, a Assembleia recomenda que os transportes sejam de utilização gratuita para jovens até aos 24 anos, pessoas com mais de 64 anos e ainda para desempregados inscritos no IEFP. Também pessoas com deficiência motora, física com grau igual ou superior a 60 por cento terão acesso gratuito.

A medida ainda terá de ser apreciada por Carlos Moedas, presidente da câmara de Lisboa. A discussão da iniciativa poderá ter lugar já na próxima semana. O orçamento da autarquia destina 12 milhões de euros para os transportes em 2022.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT