Na cidade

Atenção, agrobetos: ainda podem aproveitar os últimos dias da Feira da Golegã

Este fim de semana, todos os caminhos vão dar ao Ribatejo. A maior festa da região termina no domingo, 13 de novembro.
A tradição do Ribatejo.

Nas duas primeiras semanas de novembro, a Golegã é o centro do distrito de Santarém. Durante este período, a vila recebe a famosa Feira da Golegã — que inclui a XLVI Feira Nacional do Cavalo, a XXIII Feira Internacional do Cavalo Lusitano e a Feira de São Martinho. As celebrações deste ano começaram a 4 de novembro e terminam no domingo, 13 de novembro.

Por isso, ainda vai a tempo de celebrar o dia de São Martinho — esta sexta-feira, 11 de novembro — e assistir ao Desfile de Amazonas (às 12 horas) ou ao Baile da Jaqueta, na Quinta dos Álamos (às 20 horas). Na mesma noite, às 22 horas, vai realizar-se o Espetáculo Equestre comemorativo dos 50 anos da Feira Nacional do Cavalo e conta com a presença da Charanga e da Reprise da Guarda Nacional Republicana.

Devido a problemas relacionados com a falta de iluminação da praça de toiros, a corrida prevista para o dia 6 teve de ser adiada. Ficou, então, marcada para sexta-feira, com o mesmo cartel. Nesse dia, vão atuar os cavaleiros Gonçalo Fernandes, Marcelo Mendes e Parreirita Cigano. Nas pegas estarão os forcados do Aposento do Barrete Verde de Alcochete, do Aposento da Chamusca e os Académicos de Coimbra.

No sábado, as atividades começam às 8 horas, com o final do Campeonato Nacional de Equitação de Trabalho e prolongam-se até às 22 horas, com as Cavalhadas, uma prova de perícia e destreza que acontece no Largo do Arneiro. No mesmo dia, farão parte do cartel os cavaleiros João Moura Caetano e Francisco F. Núncio e o rejoneador espanhol Andrés Romero. As pegas vão ficar a cargo dos grupos de forcados do Ribatejo, da Chamusca e de Beja. Nessa tarde, os toiros chegam das ganadarias Passanha e Paulo Caetano.

No domingo, a agenda termina às 19 horas, no Picadeiro Lusitanus, com uma demonstração de tiro com arco a cavalo. O dia será preenchido com o final das competições que decorreram ao longo da Feira.

Considerado o maior evento equestre do País, a Feira Nacional do Cavalo, que assinala a sua 50.ª edição, atrai todos os anos ao Ribatejo milhares de pessoas. Este ano, o número de visitantes ultrapassou mesmo todas as expetativas da organização. O primeiro fim de semana do evento contou com a visita de 120 a 150 mil pessoas, segunda a GNR.

Pode consultar todo o programa no site da Feira da Golegã.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT