Na cidade

Atenção: Lisboa vai ter o trânsito condicionado devido às celebrações da Passagem de Ano

A capital vai ficar caótica devido às multidões e às ruas cortadas. A boa notícia é que o metro vai funcionar no horário habitual.
Prepare-se e saia de casa com tempo.

Se está a planear passar a Passagem de Ano em Lisboa, prepare-se e saia de casa com tempo. Como é habitual, neste período, a cidade torna-se caótica, não só pela multidão que converge para o Terreiro do Paço, mas também pelos condicionamentos noutras ruas da capital devido às celebrações da entrada no novo ano.

O principal constrangimento, como é de esperar, acontecerá pelo encerramento da circulação na Praça do Comércio e arruamentos envolventes, entre as 17 horas de sábado, 31 de dezembro, e as 5 horas de domingo, 1 de janeiro. As ruas do Arsenal e da Avenida Infante Dom Henrique também estarão fechadas ao trânsito.

Para o Parque das Nações, preveem-se condicionamentos na Praça do Venturoso — Av. da Boa Esperança e na rotunda dos Vice-Reis — Av. da Boa Esperança e Alameda dos Oceanos. A rotunda da Torre Vasco da Gama — rua do Bojador e a rotunda do Altice — rua do Bojador igualmente.

Ainda assim, os transportes públicos serão reforçados, segundo um comunicado da autarquia, citado pelo “Notícias ao Minuto”. A Carris, por exemplo, vai reforçar o plano de circulação da Rede da Madrugada. A partir das 17 horas, no entanto, os elétricos e os autocarros não circularão na zona da Rua do Arsenal e da Avenida Ribeira das Naus.

Se os horários dos autocarros vão sofrer alterações e ser alargados, o do metro de Lisboa, por sua vez, manter-se-á igual, funcionando até à 1 hora da manhã de 1 de janeiro de 2023. Vai contar, no entanto, com um reforço na capacidade dos comboios, que funcionarão com seis carruagens. Mas não espere chegar até ao Terreiro do Paço, já que a estação do metro estará encerrada a partir das 18 horas de sábado.

As ligações fluviais do Barreiro e de Cacilhas vão ter um horário com partidas extra no dia 31 de dezembro e, na madrugada de dia 1 de janeiro. Além do habitual, haverá duas partidas extra em direção à margem Sul do Tejo às 3 e às 4 horas da manhã.

Devido ao Concerto de Fim de Ano e espetáculo de fogo de artifício vão ainda ocorrer condicionamentos de trânsito nos seguintes locais:

— Praça do Comércio e arruamentos envolventes: será encerrada a circulação, entre as 17 horas de 31 e as 5 horas de 1 de janeiro

—  Av. 24 de Julho C/ a Av. D. Carlos I

— Rua de S. Paulo c/ Rua da Moeda e Rua das Flores c/ Rua de S. Paulo: condicionamento do acesso ao Largo do Corpo Santo

— Cais do Sodré/ Praça Duque de Terceira/ Cais do Sodré/ Largo Barão de Quintela/ Rua das Flores: encerramento do acesso para a zona Ribeira da Naus e Largo do Corpo Santo a partir das 17 horas

— Rua do Arsenal  estará encerrada

— Av. Infante D. Henrique (Viaduto da Av. Mécia Mouzinho de Albuquerque): corte total exceto transportes públicos

— Av. Infante D. Henrique c/ Santa Apolónia: corte total exceto Carris que poderá ir inverter junto à Alfandega

— Av. Infante D. Henrique c/ Estação Sul e Sueste: impedimento do acesso à Praça do Comércio

— Rua da Alfândega c/ Praça do Comércio: encerramento do acesso à Praça e à Rua do Arsenal, bem como à Avenida Infante D. Henrique

— Rua Vitor Cordom c/ a Calçada do Ferregial – acesso ao Parque da Praça do Município (percurso alternativo para viaturas credenciadas): Largo do Chiado, Rua António Maria Cardoso, Rua Vitor Cordom, Calçada de S. Francisco, Rua Nova do Almada em contramão

— Restauradores Sul, cuja passagem para o Rossio será apenas permitida a transportes públicos

— Praça da Figueira: encerrado o acesso à Rua dos Fanqueiros e à Rua dos Douradores

— Rossio c/Rua do Ouro: encerrada a Rua do Ouro e a rua dos Sapateiros

— Rua da Conceição estará encerrada

No Parque das Naçõe também haverá condicionamentos nos seguintes locais:

— Praça do Venturoso c/ Av. da Boa Esperança

— Rotunda dos Vice-Reis c/ Av. da Boa Esperança e Alameda dos Oceanos

— Rotunda da Torre Vasco da Gama c/ Rua do Bojador

— Rotunda do Altice c/ Rua do Bojador

Se, ainda com todos os constrangimentos, a ideia for mesmo passar a meia-noite na rua, sugerimos que leve um bom casaco e um guarda-chuva. Depois de um Natal chuvoso, parece que a Passagem de Ano não vai ser muito diferente. A chuva intensa regressou ao território continental e à Madeira e deverá manter-se até ao final do ano, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Aproveite para ler o artigo e conhecer melhor as previsões para a noite mais aguardada do ano.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT