Na cidade

Atravessar uma das maiores pontes suspensas do mundo vai ficar mais barato

Os preços do acesso à 516 Arouca para estudantes e famílias monoparentais vão ser reduzidos em fevereiro.
Vai ficar mais barato. Foto: Avelino Vieira.

Quando a Ponte 516 Arouca foi inaugurada, em 2021, tornou-se notícia em todo o mundo. Todos queriam atravessar a estrutura suspensa a 175 metros acima do rio Paiva. Afinal, garantiam os responsáveis, era a maior do mundo do género na altura. Um título que acabou por ser roubado quando a República Checa construiu uma estrutura com 721 metros, um ano depois.

Ainda assim, este “verdadeiro prodígio da engenharia sobre um dos rios mais bravos rios da Europa” continua a ser um dos principais pontos turísticos do distrito de Aveiro. Já recebeu mais de 280 mil visitantes desde a sua inauguração. Se ainda não teve oportunidade de percorrer a construção, temos boas notícias: a partir de fevereiro, o acesso vai ficar mais barato — mas só para alguns.

A Câmara Municipal anunciou esta segunda-feira, 15 de janeiro, uma revisão em baixa dos valores cobrados pelo acesso à ponte suspensa junto aos Passadiços do Paiva, propondo beneficiar os estudantes de todas as idades e famílias monoparentais, com dois ou mais descendentes a cargo. O desconto será de 10 por cento, o que significa que pagarão 10€, em vez dos 12€ habituais.

No caso dos estudantes, terão que apresentar comprovativo de frequência escolar para terem o direito aos bilhetes promocionais. O objetivo é “reforçar o papel do município como espaço de conhecimento, já que o Arouca Geoparque Mundial da UNESCO é um território de ciência e o seu rico património natural e cultural é um recurso importante para consolidar aprendizagens escolares”.

Leia também este artigo da NiT sobre a polémica em torno das dimensões da estrutura que já foi destacada em órgãos de comunicação internacionais como o “The Guardian” ou a BBC.

Carregue na galeria para ver mais imagens da incrível ponte suspensa de Arouca.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT