Na cidade

Bordalo II criou estes gigantes cavalos-marinhos em Faro

As peças do artista plástico foram criadas para alertar para a espécie em vias de extinção.
Foto: UALG

Não passam despercebidos. Os coloridos cavalos-marinhos gigantes invadiram Faro e podem ser avistados fora de água: no parque de Campismo de Faro e no campus de Gambelas da Universidade do Algarve.

Tratam-se, afinal, de obras do artista plástico Bordalo II, habituado a criar estas peças de animais em formato gigante, recorrendo a materiais que, para muitos, não passariam de lixo. Depois é dar-lhes forma — e muita cor.

As obras surgiram esta sexta-feira, 9 de abril, e têm um propósito: alertar para a conservação da espécie e da Ria Formosa. Partiram, contudo, de um convite da autarquia e da Ualg, revela Bordalo II à “Lusa”, citada pelo “Público”. Convite esse que aceitou, até porque se inseria no conceito das suas obras Big Trash Animals.

Há, no entanto, diferenças entre estes cavalos-marinhos. Se o do parque de campismo é berrante e colorido, o outro par surge mais esbatido, pintado “com as cores naturais”, de forma a “camuflar o que os destrói e criar uma imagem mais realista”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT