Na cidade

Caos no aeroporto de Lisboa continua: já foram cancelados mais de 30 voos esta segunda-feira

O aeroporto Sá Carneiro, no Porto, tem dois voos cancelados até ao momento. Os destinos europeus são os mais afetados.
Há longas filas de espera.

Depois de um fim de semana caótico no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, com longas filas de espera e pessoas descontentes, o cenário não conheceu melhorias esta segunda-feira. E espera-se uma semana bastante difícil para quem tem viagens aéreas marcadas de ou para a capital.

De acordo com a informação disponibilizada no site da ANA — Aeroportos de Portugal, já foram canceladas 14 partidas e 17 chegadas, entre as quais as ligações da TAP com as cidades de Bilbau, Praga, Amesterdão e Bruxelas.

A British Airways cancelou dois voos que faziam ligação entre Lisboa e Londres, e a Easyjet também não vai realizar as duas ligações previstas entre a capital e Madrid.

No aeroporto Sá Carneiro, no Porto,  também existem problemas, embora em menor escala. A Easyjet já cancelou o voo que devia partir para Toulouse, às 19 horas, e a ligação com partida prevista do aeroporto de Orly, em Paris, para o Porto, também não vai acontecer.

No sábado, 2 de julho, o fluxo aeroportuário em Lisboa conheceu graves constrangimentos. Um total de 65 voos ficaram por realizar, com 40 chegadas e 25 partidas. Inicialmente, a previsão passava pelo cancelamento de 32 voos, 14 dos quais eram partidas para Porto Santo e outros destinos europeus e mundiais, como Filadélfia (nos EUA), Acra (no Gana), Dakar (no Senegal) e Varadero (em Cuba). Ao longo do dia, porém, as três dezenas estenderam-se para cerca do dobro.

A maioria das situações de voos cancelados, de acordo com os dados partilhados no site da ANA, envolvem a TAP. A companhia aérea explica ainda que os cancelamentos podem estar relacionados com o rebentamento dos pneus de um jato privado que, na passada sexta-feira, levou a fechar a pista do aeroporto.

Uma vez que os cancelamentos estão a afetar não só toda a Europa, mas também destinos com os Estados Unidos, estão a registar-se centenas de voos cancelados no território norte-americano, Madrid e Paris.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT