Na cidade

Carlos Moedas apresenta medida que garante transportes públicos grátis em Lisboa

A isenção de custos dos passes aplica-se a jovens até 23 anos e maiores de 65. A proposta será conhecida já na próxima semana.
O autarca aprovou a medida da Assembleia Municipal.

No início do mês, a Assembleia Municipal de Lisboa apresentou uma proposta que passava pelo acesso gratuito aos transportes públicos. A medida ficou a aguardar o parecer do presidente da Câmara Muncipal de Lisboa. Esta terça-feira, dia 12 de abril, Carlos Moedas declarou que está pronto para a apresentar já na próxima semana.

“Quero anunciar que na próxima semana estarei em condições de levar à reunião de câmara uma proposta que dá corpo aos transportes públicos gratuitos em Lisboa e isso deixa-me muito feliz”, afirmou o Moedas, perante a Assembleia Municipal do Trabalho, aqui citado pela “Lusa”.

Em causa, está o incentivo à utilização dos transportes públicos, tornando-os mais acessíveis. O autarca quer que a iniciativa se estenda a jovens residentes no distrito até 23 anos e aos maiores de 65 anos. Com o aumento dos preços da energia e combustíveis causada pelo conflito na Ucrânia, Moedas reforça a maior necessidade de avançar com a proposta.

O presidente da Câmara de Lisboa sublinha, segundo o “Dinheiro Vivo”, que a “a gratuitidade dos transportes públicos é e deve ser para nós uma prioridade”. Na cerimónia de lançamento da Carris Metropolitana, a 1 de abril, o autarca anunciou que as negociações para a implementação das medidas já estavam concluídas. Esta era uma das principais promessas do programa eleitoral de Moedas.

Para este ano, Lisboa conta com um orçamento que ronda os 12 milhões de euros para ser aplicado na aposta nos transportes públicos gratuitos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT