Na cidade

Castelo de São Jorge foi iluminado para parecer um “Sonho de Inverno”

O cineasta João Botelho transformou o monumento mais visitado do País com luzes, poesia e música.
Imagem de Ana Luísa Alvim/CML.

Há um verdadeiro Sonho de Inverno para descobrir no Castelo de São Jorge . A Câmara de Lisboa, através da EGEAC e o Castelo de São Jorge, estão a convidar os portugueses a visitar um dos espaços mais icónicos da capital, numa altura em que está mais bonito do que nunca.

“ Um Sonho de Inverno“ é uma instalação de luz, poesia, imagem e som com textos musicais a partir da obra de grandes poetas de Lisboa. O cineasta João Botelho ilumina a história do castelo transformando-a num percurso por vários espaços, como o Jardim Romântico, a Sala Ogival, a primeira e segunda Praças de Armas e o Páteo dos Fornos.

Entre 18 de janeiro e 18 de fevereiro, das 19 às 21 horas, pode assim descobrir o monumento mais visitado do País, através de passeios encantados ao anoitecer, “com milhares de luzes às quais se junta o luar dos meses de janeiro e de fevereiro”, adianta a organização.

A entrada custa 5€ mas os menores de 16 anos não precisam de pagar bilhete. Segundo lembra a EGEAC, para entrar, tem de levar sempre Certificado Digital ou Teste Negativo, PCR ou verificado, não sendo aceites auto-testes.

Devido à instalação “Sonho de Inverno”, haverá uma mudança temporária no horário de abertura do castelo para as visitas regulares, que acontecem entre as 9 e as 18 horas, com a última entrada às 17h30. As visitas para este evento específico acontecem depois, com o bilhete próprio.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT