Na cidade

Centro Europeu antecipa que este verão haverá maior liberdade de circulação na UE

No entanto, isso não significa que não se deve evitar viagens desnecessárias, alerta.
As medidas básicas devem permanecer.

O responsável pela unidade de Emergência de Saúde Pública do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), Piotr Kramarz, disse esta quarta-feira, 14 de abril, que poderá ser possível ter um verão com maior liberdade de circulação na União Europeia.

“Creio que ainda não haverá possibilidade de voltar à realidade antes da pandemia” no verão, mas “se houver reduções na transmissão e, especialmente se as populações em risco forem cada vez mais protegidas dos graves resultados da Covid-19 então, teremos mais liberdade” de circulação, prevê Piotr Kramarz numa entrevista à Lusa, citada pela “TSF”.

Contudo, neste momento, o responsável não recomenda a realização de viagens não essenciais entre países, de forma a evitar a propagação das variantes do novo coronavírus. “A maioria dos países está numa situação que chamamos de séria preocupação”, justificou.

Caso se tenha isto em conta e todas as restantes medidas, poderá, então, haver maior liberdade nos meses quentes. Porém, Kramarz salienta que o distanciamento físico e o uso de máscara em determinadas situações terão de continuar presentes no dia a dia.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT