Na cidade

Chegou o primeiro videojogo simulador de Jesus — mesmo a tempo do Natal

"I Am Jesus Christ" permite que cada jogador calce as sandálias do Cristo judaico-cristão e faça milagres. Vai ser lançado em dezembro.
Vai levantar outras questões.

Ao longo dos anos, vários jogos causaram uma enorme controvérsia. Geralmente estão relacionados com representações explícitas de violência ou sexo, o que leva os pais mais preocupados a recear que os miúdos admirem as atividades criminosas e que as imitem na vida real. No entanto, “I Am Jesus Christ” parece pronto para causar uma polémica ainda maior.

Pelo nome, já pode começar a perceber o motivo. Afinal, este é um videojogo que simula a vida de Jesus Cristo. Isto é, vai permitir que cada jogador entre numa realidade virtual, calce as sandálias do Deus judaico-cristão e encene os maiores feitos do Novo Testamento.

Tal como Jesus, os participantes podem usar a mente para melhorar as suas habilidades de carpintaria, carregar a sua “energia do Espírito Santo” para realizar milagres e até transformar água em vinho.

O prólogo será lançado a 1 de dezembro na plataforma Steam e promete “não ficar por aqui”. Na página está já anunciado o lançamento completo do jogo descrito como um “simulador realístico” para o primeiro trimestre de 2023.

“Seja Jesus Cristo, o famoso homem na Terra, neste jogo super realístico de simulação”, lê-se na descrição. “Reze como Ele para ter superpoderes, execute famosos milagres da Bíblia, como expulsar demónios, curar e alimentar pessoas.” “Já se imaginou como Ele, uma das pessoas mais poderosas no mundo?”, continua.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT