Na cidade

Coates surpreendeu crianças em Viana do Castelo mas nem saiu do estádio do Sporting

Através de um holograma, alimentado pela rede 5G da NOS, o capitão dos leões falou com os jogadores da Academia local.
O momento não será esquecido pela equipa.

Num tempo em que todos vivemos agarrados aos ecrãs, principalmente dos nossos telemóveis, importa que a tecnologia nos aproxime, em vez de nos isolar. O 5G vem fazer com que essa proximidade seja o mais parecida com a realidade. É claro que as videochamadas por Zoom ou WhatsApp funcionam sem esta rede e já são um avanço para as relações casuais, mas agora, com os avanços tecnológicos, podemos viver de facto num mundo de ficção científica.

Quando não podemos conhecer o nosso ídolo pessoalmente, quão incrível pode ser a experiência de uma interação direta através de um holograma? Pelo menos 20 crianças da Escola Academia Sporting Viana do Castelo dirão que é única e vale cada segundo. É que na passada sexta-feira, 14 de outubro, estes miúdos foram surpreendidos com a presença do uruguaio Sebastian Coates no campo de treino do seu clube de Viana do Castelo. Graças ao 5G da NOS, o capitão da equipa de Alvalade pôde inspirar os jovens jogadores sem sequer sair de Lisboa.

“É importantíssimo conseguirmos transmitir os valores do Sporting às novas gerações e inspirarmos os novos talentos. Contudo, e especialmente nesta altura de campeonato, tendo em conta os nossos constrangimentos de tempo, não conseguimos estar ao vivo com toda a gente. É fantástico podermos usar esta tecnologia para chegarmos mais perto de todos, dos nossos pequenos jogadores, dos fãs”, disso o jogador, após o encontro.

As crianças, com idades entre os 9 e 11 anos, estavam a meio do treino habitual quando, de repente, se depararam com a imagem virtual de Coates no campo. A velocidade do 5G da NOS— que recebeu um prémio OOkla pela rapidez — permitiu uma conversa nos dois sentidos sem lapsos ou demoras, dando a possibilidade aos miúdos de interagirem com o jogador de forma natural.

Com recurso a uma infraestrutura móvel tecnológica e cénica em ambos os lados, as câmaras HD realizaram a captação de som e imagem e a rede 5G na NOS proporcionou a relação imediata entre as duas cidades, a mais de 400 quilómetros de distância.

Uma nova era no desporto: da segurança à relação com os adeptos

A presença do 5G no futebol português já não é novidade. Desde 2021 que a NOS tem vindo a trabalhar em vários projetos. Neste momento, até tem dois estádios 5G no País, o do Sporting e o do Benfica. Na prática, isto significa que já é possível ter uploads e downloads mais rápidos nos estádios para os utilizadores desta rede. Mas isso também é importante para quem está em casa. A infraestrutura implementada permite realizar uma emissão de um jogo com novos recursos. Foi o que aconteceu no primeiro jogo 5G, em maio de 2021, entre o Benfica e o Porto.

A transmissão avançada acrescentou uma camada imersiva ao jogo, oferecendo uma maior diversidade de planos aos espectadores, com imagens captadas a partir de ângulos até agora inacessíveis. Isto porque, graças ao 5G, equipamentos mais pequenos e ágeis, como telemóveis e microcâmaras, podem agora ser utilizados em transmissões profissionais, alargando o leque de possibilidades de filmagem. Ainda no mesmo mês, a NOS acompanhou os festejos do campeão nacional com a ajuda do 5G. Os adeptos do Sporting puderam, mesmo à distância, vivenciar de perto a experiência dos jogadores naquela noite.

No futuro, os fãs — no estádio ou em casa — poderão aceder a estatísticas de performance dos jogadores em tempo real. Uma ferramenta que também é útil para os técnicos, que têm nesta tecnologia uma enorme ajuda na gestão da equipa.

Os acessos dos espectadores ao estádio, que poderão passar a ser feitos com reconhecimento facial, mas também na gestão e segurança dos adeptos, são outras das mais-valias às quais teremos acesso num futuro não tão longínquo. As marcas ligadas ao futebol também poderão beneficiar, não só de transações mais rápidas — no caso da restauração, por exemplo —, como de novas formas de comunicação neste espaço, antes e depois dos jogos e nos intervalos. Vem aí, realmente, um admirável mundo novo.

Este artigo foi escrito em parceria com a NOS.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT