Na cidade

Controlo da velocidade média na Ponte Vasco da Gama arranca nos próximos dias

Um dos objetivos é erradicar as corridas ilegais. Durante o período de testes, a GNR detetou um veículo a 277 quilómetros por hora.
O objetivo é reduzir a sinistralidade.

Os radares de controlo da velocidade média na Ponte Vasco da Gama, em Lisboa, vão entrar em funcionamento às 00h00 do próximo sábado, 15 de junho. O acordo de cooperação entre a Guarda Nacional Republicana (GNR) e a concessionária Lusoponte para dar início à fiscalização foi assinado esta quarta-feira, 11 de junho.

O objetivo é reduzir a sinistralidade, aumentar a fluidez de circulação e contribuir para a erradicação das corridas ilegais, adiantou a GNR.  “A elevada intensidade de trânsito, os frequentes congestionamentos e os acidentes rodoviários, muitas vezes graves devido ao excesso de velocidade, evidenciam a necessidade e importância da implementação de medidas de segurança proativas na Ponte”, adiantou a força policial à agência Lusa, aqui citada pelo “Expresso”.

Durante três meses foram realizados testes de controlo de velocidade a mais 100 mil veículos. Registaram-se 275 infrações muito graves, entre 181 a 277 quilómetros por hora. Também foram sinalizadas 1109 contraordenações graves, de 151 a 180 quilómetros por hora, e 23 601 leves, de 121 a 150.

A velocidade de 277 quilómetros por hora foi o maior excesso registado na ponte sobre o rio Tejo, que liga os distritos de Lisboa e Setúbal. A infraestrutura é conhecida por ser uma das estradas favoritas de quem pratica corridas ilegais em Portugal, onde os veículos podem atingir os 300 quilómetros por hora.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT