Na cidade

Da serra ao mar: o novo Trilho da Ribeira das Vinhas liga a Baía de Cascais ao Pisão

Passa a ser possível chegar até ao Parque Natural Sintra-Cascais por este trilho, em tempos usado para produtos agrícolas.
Cascais.

Há um novo caminho que liga o coração da Vila de Cascais à Quinta do Pisão, em pleno Parque Natural Sintra Cascais. Com um percurso de mais de sete quilómetros no meio da natureza, o novo Trilho da Ribeira das Vinhas pode ser feito a a pé, de bicicleta ou até a cavalo.

Segundo explica a autarquia de Cascais à NiT, com diversos acessos ao longo do percurso o trilho pretende servir a população no seu dia a dia: seja para desporto, lazer, turismo ou para deslocação dos munícipes. Agora mais extenso, passa a ser possível chegar até ao Parque Natural Sintra-Cascais por este trilho, em tempos antigos utilizado para transporte e fornecimento de produtos agrícolas à vila.

Além de  importante para os munícipes, este amplo espaço verde é também fundamental para o ambiente. A intervenção do local, que é um dos principais corredores ecológicos de Cascais, contou com a requalificação da galeria ripícola, o reperfilamento do leito, eliminação de resíduos e preparação das margens para plantação de vegetação, adianta a câmara local. Foram também instaladas bacias de retenção de água, essenciais para a redução do risco de cheias.

No caminho, que recupera “uma antiga tradição”, ainda é possível “encontrar ovelhas a pastar”, conclui o município. 

Recorde-se que, na passada semana, começou a funcionar ao público em Cascais a Rota do Ocidente, um mega projeto que liga um percurso de 50 quilómetros a uma possibilidade de variadas experiências — que incluem a dormida num glamping.

A NiT já lhe contou tudo sobre esta nova oferta do concelho, que o pode ajudar a descobrir e explorar Cascais como nunca fez: a rota faz a ligação entre Cascais (com partida Ecocabana à entrada do parque Marechal Carmona) ao Santuário da Peninha, passando pelo litoral, aldeias serranas como a Malveira e Almoinhas Velhas, e regresso a Cascais.

A proposta é que faça este percurso de forma livre e gratuita ou em forma de programa com três dias e duas noites, culminando na experiência de glamping.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT