Subscreva a nossa newsletter para receber as melhores sugestões de lifestyle todos os dias.

Na cidade

Desastres climáticos causaram mais de 410 mil mortos na última década

Em apenas seis meses deste ano, cerca de uma centena de desastres climáticos afetou mais de 50 milhões de pessoas.
Dados são preocupantes.

Em apenas uma década, os desastres naturais relacionados com as alterações climáticas causaram mais de 410 mil mortos e afetaram 1,7 mil milhões de pessoas, segundo um novo relatório da Cruz Vermelha.

Desde 1990, estes desastres ligados ao aquecimento global aumentaram cerca de 35 por cento a cada década, aponta o documento, que destaca a diferença entre o financiamento de respostas às alterações climáticas e o tipo de países que o recebem.

Ainda de acordo com o estudo, divulgado pela Lusa, em apenas seis meses, entre março (quando foi declarada a pandemia), e a finalização deste relatório, cerca de uma centena de desastres climáticos afetou mais de 50 milhões de pessoas.

“O trabalho contra as alterações climáticas não pode ficar em segundo plano enquanto lutamos contra a pandemia”, declarou o secretário-geral da FICV, Jagan Chapagain, que sublinhou “não ser inteligente” pensar que as alterações climáticas são menos importantes do que a Covid-19.

Uma das propostas feitas no documento é que os pacotes de estímulo, em criação por todo o mundo para sair da crise causada pela pandemia, devem incluir uma recuperação que proteja as pessoas e o planeta, para evitar riscos no futuro.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT