Na cidade

A ponte internacional mais pequena do mundo só tem 6 metros — e fica em Portugal

Antes de ser construída, os moradores criavam um “pontão improvisado” que permitia as trocas comerciais dos contrabandistas.
Só tem 6 metros de comprimento.

Nem todas as fronteiras do mundo estão cercadas de arames farpados ou cheias de militares à espera de ver o passaporte de quem entra. Há países que estão separados por uma linha ou até mesmo por um hotel, como é o caso do Arbez, onde pode adormecer com a cabeça em França e os pés na Suíça.

Se algumas delas são bastante bizarras, outras, por sua vez, destacam-se por serem tão pequenas — e até custa acreditar que são a porta de entrada para outro país. O que muitos não sabem é que a ponte internacional mais pequena do mundo liga Portugal e Espanha.

Com apenas seis de comprimento e 1,45 de largura, a pequena estrutura de madeira liga El Marco, em La Codosera, à freguesia de Esperança, no concelho de Arronches. À primeira vista parece ser uma construção do século passado, mas a verdade é que esta ponte nasceu em 2008.

Antes disso, a ligação entre as duas povoações era feita através de um pontão improvisado que acabava por ser arrastado pelas águas da ribeira do Abrilongo quando chovia. Sempre que tal acontecia, eram os próprios habitantes que voltavam a colocar as tábuas de madeira para se conseguirem deslocar. 

Afinal, só assim conseguiam realizar as várias trocas comerciais habituais da época: do lado português, vendiam-se toalhas e cafés; do lado espanhol, talheres e vinhos. “O pontão servia os contrabandistas dos dois países da Península Ibérica, que por ali transportavam tabaco, café, cortiça, azeitonas, entre outros produtos, para serem vendidos do outro lado da fronteira”, explica a autarquia de Arronches.

A chegada do acordo Schengen em 1996 acabou com este pequeno comércio. Mais tarde, em 2008, tudo mudou graças à iniciativa do município português de Arronches. 

Com o financiamento da União Europeia, iniciaram-se os trabalhos de construção da ponte, que contou com trabalhadores de ambos os países. Agora, já tem corrimãos e reforços que impedem que volte a ser arrastada nos dias de tempestade. 

Ainda assim, a dimensão e configuração da Ponte Internacional do Marco, como é conhecida, permite apenas a passagem de pedestres e veículos de duas rodas. Em apenas seis metros, é possível atravessar um rio, mudar de país e até de fuso-horário.

Rodeado por castanheiros, oliveiras e azinheiras, este marco geográfico acaba por passar despercebido. Não há qualquer tipo de indicação, exceto umas letras em pedra, situadas em ambas as margens do rio, em que há um “E” e um “P”, as iniciais de cada país.

Para evocar os tempos antigos, a cidade de La Codosera organiza anualmente a “Ruta do Contrabando”, uma atividade que recria o mesmo itinerário que os contrabandistas faziam há décadas entre Espanha e Portugal. O último evento do género aconteceu em março do ano passado e os participantes percorreram, claro, a ponte internacional mais pequena do mundo.

Durante o percurso não faltam histórias e lendas dos contrabandistas que viveram naquela época. Para já, ainda não foram divulgadas novas datas.

A seguir, carregue na galeria para ver mais fotografias da pequena ponte de madeira que liga Portugal e Espanha.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT