Na cidade

É oficial: a Linha do Douro entre Pocinho e Barca d’Alva vai reabrir

O troço de 28 quilómetros está fechado desde 1988. A garantia é do próprio governo.

A vontade já era antiga, mas agora chega a confirmação oficinal pela própria Ana Abrunhosa, ministra da Coesão Territorial. A Linha do Douro será reativada até à estação fronteiriça de Barca d’Alva.

Nos planos do governo está a reabilitação e reabertura da ferrovia entre Pocinho e Barca d’Alva, um troço de 28 quilómetros que se encontrava fechado desde 1988.A notícia foi avançada pela ministra esta quarta-feira, 29 de dezembro, no final da cerimónia que marca os 20 anos da atribuição do título de Património Mundial ao Alto Douro Vinhateiro.

“Vamos fazer a linha do Douro. É um desígnio deste território. Mal andariam os governos que não apoiassem o projeto”, disse a ministra, citada pela “TSF”.

O objetivo é reabrir também outras linhas limítrofes, como as do Tâmega, Corgo e Sabor. E a meta passa por levar os comboios além-fronteiras, o que obrigará a um acordo com o governo espanhol, para poder levar a linha até Salamanca.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT