Na cidade

É oficial: dois anos depois, as Festas de Constância vão mesmo acontecer

As flores vão voltar a decorar as ruas da vila, numa edição que promete ser melhor que as anteriores.
É o evento mais instagramável do ano.

À medida que a normalidade regressa, também as festas populares das várias regiões do País voltam a acontecer após anos de interregno. As celebrações do concelho de Constância, por exemplo, decorreram pela última vez em 2019. Agora, preparam-se para regressar em força.

“Com o aliviar das restrições por parte da Direção-Geral de Saúde, pensamos que existem condições para a realização das festas”, confirma Sérgio Oliveira, presidente da Câmara Municipal de Constância, à NiT. “Neste momento é oficial — as festas vão realizar-se, a não ser que exista alguma alteração até lá”, acrescenta. Esta decisão teve em consideração “o evoluir positivo da pandemia, as taxas de vacinação e o alívio nas medidas restritivas contra a Covid-19.”

Por tradição, os festejos duram três dias, tendo início no sábado e terminando na segunda-feira de Páscoa. Em 2022, arrancam Sexta-Feira Santa, dia 15 de abril, e duram mais tempo. “Estamos confiantes que nos próximos dias 15, 16, 17 e 18 de abril conseguiremos realizar a edição de 2022 das nossas Festas do Concelho”, refere a autarquia em comunicado.

É um dos festivais mais instagramáveis do País, onde as ruas da vila se enchem de flores coloridas. “As nossas ruas floridas são um dos componentes mais impactantes do evento, fruto do magnífico trabalho comunitário que é feito”, adianta Sérgio Oliveira.

Além da decoração idílica, Constância também irá oferecer um vasto leque de experiências aos visitantes “um conjunto de concertos de qualidade, boa gastronomia dinamizada pelas tasquinhas e pela restauração local, o grande prémio da Páscoa em atletismo, uma tarde de folclore, a mostra de artesanato, uma procissão em honra de Nossa Senhora da Boa Viagem, a bênção dos barcos e das viaturas. Em suma, uma grande festa que envolve toda a comunidade local,” descreve.

O enorme evento era visitado, anualmente, por milhares de pessoas. “Pensamos que este ano virão muito mais — estamos a trabalhar para isso”, diz com esperança o autarca.

A Festa de Nossa Senhora da Boa Viagem em Constância é uma tradição com mais de dois séculos de existência, numa vila que viveu durante anos ancorada aos cursos de água através da pesca e do transporte de mercadorias. “Os rios eram as autoestradas para o escoamento de bens. Aqui existia um dos mais importantes portos do País. Fruto desta intensa atividade e dos perigos inerentes à mesma, os marítimos pediram autorização para a criação de um altar na igreja matriz dedicado a esta padroeira”, explica o autarca.

Para todos os ligados a estas atividades fluviais e marítimas, a Nossa Senhora da Boa Viagem era considerada uma protetora, sendo que todos os anos pela altura da Páscoa a vila se enchia destes trabalhadores e pescadores que ali iam pedir a bênção e a proteção para mais um ano de trabalho. E é esta tradição, embora num modelo diferente, que mantém até aos dias de hoje.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT