Na cidade

EDP Grande Prémio de Natal: vem aí mais uma corrida virtual e solidária

Há prémios especiais para os primeiros cinco mil finalistas. A EDP vai oferecer energia a três instituições de solidariedade social.
É uma prova de 10 quilómetros.

É uma das mais icónicas e antigas provas de estrada de Portugal. Falamos do EDP Grande Prémio de Natal, que este ano foi reinventado e vai acontecer de forma virtual entre os dias 11 e 13 de dezembro. À semelhança das últimas provas virtuais lançadas pelo Maratona Clube de Portugal e pela EDP, os atletas vão poder utilizar uma aplicação móvel para registarem todos os dados.

A prova natalícia, que é conhecida pela sua componente de responsabilidade social, tem este ano um novo propósito: a EDP vai oferecer um total de 18 meses de energia a três associações de solidariedade social portuguesas. O objetivo é apoiar estas instituições numa altura crítica para a sociedade, uma iniciativa levada a cabo anteriormente, no âmbito do Meo Portugal Cup of Surfing, através do qual quatro associações beneficiaram da oferta de energia.

Para se inscrever na prova só tem de descarregar a aplicação VRaces MCP para o seu smartphone (está disponível para dispositivos Android e iOS) ou fazê-lo através do site do EDP Grande Prémio de Natal. Depois da confirmação da inscrição, os participantes recebem por email um dorsal personalizado em formato PDF que podem usar durante a sua prova.

No dia em que decidir realizar a corrida, deve ativar a aplicação durante todo o percurso dos 10 quilómetros. A distância da prova deverá ser feita num único dia e sessão — não é possível cumprir a distância em mais do que um dia. Além disso, uma vez iniciada a prova na app, não é possível reiniciar a contagem. Depois de terminarem, os participantes têm acesso à classificação geral e recebem por email um certificado de participação personalizado.

Sendo uma prova natalícia, a organização e a EDP vão oferecer aos primeiros cinco mil finalistas uma medalha de participação e uma máscara de proteção social exclusiva. A organização apela aos participantes que cumpram as normas impostas pela DGS durante as suas provas.

Esta é uma das mais famosas competições do País e conta habitualmente com uma disputa saudável entre atletas dos maiores clubes nacionais. Esta edição, acessível a todos e com um percurso à escolha de cada participante, não terá pódios reais, nem recordes oficiais — mas certamente ficará na memória de todos os participantes.

Este artigo foi escrito em parceria com a EDP.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT