Na cidade

EMEL está a recrutar voluntárias para o serviço GIRA — com benefícios

No âmbito do projeto europeu de investigação TInnGO, a empresa está a pedir ajuda a utilizadoras regulares de bicicleta.
Saiba como participar.

É uma experiência de imersão com objetivos sociais: identificar medidas que promovam a utilização urbana da bicicleta por mulheres, com vista à redução da diferença de género entre o número de usuários deste meio de transporte.

No âmbito do projeto europeu de investigação TInnGO, a EMEL está a recrutar mulheres, ciclistas regulares, que se voluntariem para uma experiência no serviço GIRA, com o objetivo de detetar as principais barreiras à utilização deste veículo e pensar em soluções que permitam ultrapassá-las.

Segundo informações da EMEL, o processo de recrutamento vai consistir na identificação de voluntárias que utilizem a bicicleta em meio urbano com frequência. Esta mulher deverá ainda desafiar uma amiga, não utilizadora, para a acompanhar, interessada em experimentar este meio de transporte em Lisboa, como opção de mobilidade para o seu dia a dia.

As duplas são convidadas pela EMEL a fazerem um passeio de GIRA, de cerca de dois quilómetros, que ocorrerá entre os dias 26 de novembro e 6 de dezembro, durante o qual têm oportunidade de perceber as barreiras ou incómodos sentidos.

Após esta experimentação, a empresa de mobilidade fará uma sessão de reflexão, para partilha de experiências vividas e sugestão de possíveis soluções para mitigar as barreiras identificadas e os eventuais desconfortos sentidos.

Como forma de “agradecimento” pela participação ativa, todas as voluntárias receberão passes GIRA e um voucher de 20€ que pode ser utilizado nas Lojas com História (entre outras de Lisboa).

A inscrição na Experiência Imersão TinnGO/GIRA pode ser feita através do preenchimento de um formulário disponível online, até ao próximo dia 29 de novembro.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT