na cidade

Época balnear arranca no final de maio em algumas praias do País

Na maioria dos espaços só mesmo a partir de junho é que será possível ir a banhos. O cenário muda consoante a zona da costa portuguesa.
Pandemia obriga a mais regras.

Afinal, não é já este sábado, 15 de maio, que abre oficialmente a época balnear em algumas zonas do País. O Ministério do Ambiente e da Ação Climática tinha dado a data como uma possibilidade, mas a verdade é que só no final deste mês é que poderá novamente ir a banhos em segurança.

Segundo o jornal “Expresso”, que cita fonte da Agência Portuguesa do Ambiente, a época balnear deverá arrancar a 29 de maio, mas não em todas as praias. A partir do dia 12 de junho a medida será aplicada à generalidade do País.

Durante a próxima semana, deverão ser conhecidas as zonas em que arranca a época, assim como o manual de regras sanitárias que deve ser seguido nas praias este ano. Nos últimos dias já tinham sido avançadas algumas das medidas que vão estar em vigor, como é o caso das multas.

A Polícia Marítima poderá, em caso de incumprimento, passar multas com valores entre os 50€ e os 100€. Os concessionários também serão alvo de contraordenações que podem ir dos 500€ até aos 1000€. No areal, as restantes regras vão manter-se, sendo que será necessário guardar um espaço de 1,5 metros entre toalhas e três metros entre grupos. Vão estar também proibidos os desportos que agrupem mais de duas pessoas.

A sinalização desenhada para informar os portugueses sobre a lotação de cada praia irá agora ter uma nova forma de ser interpretada. Se a praia tiver uma lotação abaixo dos 50 por cento, o sinal estará verde. De 50 a 90 por cento, o sinal estará amarelo. Só ficará vermelho caso a lotação ultrapasse os 90 por cento.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT