Na cidade

Estação do Cais do Sodré vai continuar condicionada durante mais uma semana

A previsão inicial era até 26 de maio, mas as obras de prolongamento das linhas Amarela e Verde ainda não foram concluídas.
O cais vai continuar.

Desde o dia 13 de maio que entrar e sair da estação do Cais do Sodré do Metro de Lisboa é um verdadeiro caos — e parece que vai continuar assim durante mais uns dias. Tudo devido às obras de prolongamento das linhas Amarela e Verde. 

A previsão inicial era de que a estação estaria condicionada até 26 maio, domingo, mas o prazo foi alargado devido a um atraso no fornecimento dos materiais e equipamentos necessários à conclusão das obras em curso, anunciou o Metropolitano de Lisboa este sábado, 25 de maio.

“No que respeita aos trabalhos de construção da estrutura de cofragem interior de proteção à circulação dos comboios (Cimbre) o Metropolitano de Lisboa foi informado, pela entidade responsável pelos trabalhos em questão, que ocorreu um atraso no fornecimento dos materiais /equipamentos necessários à conclusão daquela estrutura”, explicam.

Os condicionamentos vão manter-se assim durante mais uma semana. A circulação de comboios da Linha de Cascais não será interrompida nem afetada, mas a estação do Cais do Sodré funcionará com um único cais para o serviço de entrada e saída de passageiros dos comboios. 

Durante este período estão criados novos circuitos para a circulação de passageiros, quer na estação, quer no cais de embarque, que estão devidamente sinalizados e delimitados. “Continuam reforçadas as equipas de vigilantes em presença na estação do Cais do Sodré para apoio à gestão dos fluxos de passageiros quer no acesso ao cais de embarque, quer nas entradas e saídas dos comboios”, acrescenta o Metropolitano.

A empresa estima repor as condições normais daquela estação a partir das 6h30 do dia 1 de junho e lamenta “os transtornos que possam ser causados”, sublinhando que estas ações são “imprescindíveis para permitir a execução dos trabalhos na estação Cais do Sodré para a sua integração na futura linha circular”.

Com previsão de inauguração no segundo semestre de 2025, a linha circular vai ligar a estação Rato ao Cais do Sodré, numa extensão de mais dois quilómetros de rede e duas novas estações — Estrela e Santos, unindo as linhas Amarela e Verde num novo anel circular no centro de Lisboa.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT