Na cidade

Há três cidades em Portugal onde o esforço para pagar renda é dos mais elevados da Europa

Portal Idealista publicou um estudo sobre a taxa de esforço das famílias para o pagamento da renda da sua casa no sul da Europa.
Setúbal.

O esforço para pagar renda traduz-se numa fórmula simples e lógica: o rácio entre os rendimentos mensais de um agregado familiar, face a quanto dinheiro gastam por mês, só para poderem habitar a sua casa.

O portal de imobiliário Idealista acabou de publicar um estudo sobre a taxa de esforço das famílias para o pagamento da renda de uma casa, mais especificamente no sul da Europa.

As conclusões principais são de que Milão é a cidade do sul da Europa onde a taxa de esforço das famílias para o pagamento da renda de uma casa é maior, com 42,6 por cento. Mas Setúbal, em Portugal, ocupa a segunda posição do ranking, com uma taxa de esforço de 40,6 por cento. No top 10, que é composto por cinco cidades italianas e duas espanholas, encontram-se ainda Faro (38,8 por cento) e Évora (37,8 por cento).

De acordo com o estudo, os especialistas recomendam que o ideal seja sempre não ultrapassar mais de um terço dos rendimentos para o pagamento das rendas aos respetivos senhorios, no entanto em várias cidades de Portugal esse valor é superado. Lisboa e Porto apresentam uma taxa de esforço de 35,8 por cento e 30,8 por cento, respetivamente.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT