Na cidade

O tour pelo Porto que é o sonho dos fãs de Harry Potter — e nem tem de sair de casa

Percurso revela as várias ligações entre a cidade e os livros da saga, está disponível em três línguas e em qualquer parte do mundo.
Para os amantes da magia

Os fãs do pequeno feiticeiro com uma cicatriz em forma de raio na testa e óculos redondos saberão certamente que a sua autora, J. K. Rowling viveu no Porto no início dos anos 90. Ainda assim, será que conhecem todos os detalhes?

Este é mais ou menos o mote que levou à criação do tour virtual “Harry Potter e a cidade do Porto”, mas recuemos um pouco no tempo. Foi em 2018 que o brasileiro Vinícius Otaviano chegou ao Porto com o objetivo de fazer o mestrado em Ciências da Comunicação, na Universidade do Porto.

Ao mesmo tempo em que estudava, o que continua a fazer, decidiu perceber melhor o que fazia um vizinho seu, guia turístico da cidade no modelo de free walking tour. Amante de História, facilmente se encantou por aquela tarefa e em março de 2019 tornou-se também ele guia da cidade.

Um amigo recordou-lhe as ligações entre o Porto e a saga de J. K. Rowling e Vinícius começou a procurar mais informações e detalhes interessantes que pudessem unir a sua paixão pelo órfão feiticeiro e a cidade.

“Criei um novo guião apenas para abordar essa relação entre Harry Potter e o Porto, mas de uma maneira que fosse também um outro olhar para conhecer mais da cidade e alguns dos seus monumentos e personagens”, conta à NiT.

Tudo ficou pronto no início de 2020, mas chegou a pandemia e veio estragar os planos do guia. Com o confinamento surgiu também a ideia de poder transformar o tour que tinha numa opção de visita virtual e candidatou-se a ser uma das experiências oferecidas pelo Airbnb. Uma burocracia afastou-o dessa possibilidade, mas não daquela ideia.

É assim que o guia apresenta o tour

Este jovem de 31 anos é um verdadeiro fã de Harry Potter, leu o seu primeiro livro quando tinha apenas 10 anos e afirma que leu cada exemplar da saga mais de 20 vezes. Por esse motivo não poderia deixar de lado este tour em específico.

Com o desconfinamento e a chegada do verão, o turismo tornou-se um pouco mais atrativo, regressaram os estrangeiros e os tours a pé e a ideia da versão virtual foi ficando de lado, embora testasse o guião do feiticeiro ao vivo. O novo ano trouxe um segundo confinamento e aí Vinícius Otaviano já sabia o que fazer: arrancar com o projeto virtual.

Foi assim que conseguiu finalmente disponibilizar o seu tour na plataforma de experiências online do Airbnb. Em apenas dois meses as marcações têm vindo sempre a aumentar.

“O feedback das pessoas tem sido muito bom. Também há alguns portugueses, mas a maioria das pessoas que fazem o tour são estrangeiros.”

A famosa escritora britânica não esconde que alguns detalhes das suas histórias são inspirados em locais ou pormenores do Porto, mas nem tudo tem sido muito consensual ao longo dos anos. A Livraria Lello, por exemplo, que muitos fãs associam à história, parece afinal não ter muito a ver, uma vez que J. K. Rowling diz nem sequer conhecer a livraria.

Intrigas à parte, o guia faz sempre questão de mencionar esses detalhes, apresentando as várias versões aos turistas e deixando que sejam eles a decidir aquilo em que querem acreditar.

Toda esta viagem começa na Estação de S. Bento, seguindo para o café Majestic, onde a escritora passava muito do seu tempo. Daí continuam para a praça D. João I, descem à Praça da Liberdade e seguem para o Palácio da Justiça. Antes de chegar à Livraria Lello, onde termina a visita, passam ainda pela Reitoria da universidade.

Vestido a rigor com chapéu, capa, óculos, gravata, varinha e tudo o que seja preciso para entrar melhor na história, o guia pede a quem faz a visita online com ele para trazer também os adereços que tenha, para criar um ambiente mais envolvente. Pelo meio, há ainda tempo para perceber curiosidades como os heróis da cidade, a ligação a António de Oliveira Salazar ou a casa escondida entre as igrejas do Carmo e das Carmelitas.

Cada visita dura entre 1h45 e 2 horas e custa 10€ por pessoa. As reservas são feitas pela plataforma ou pelo site do próprio guia e os grupos podem ir até dez pessoas. Enquanto o vídeo ajuda a perceber a deslocação de um lado para outro da cidade, Vinícius faz algumas perguntas aos turistas. Quem vencer receberá por correio um postal da cidade e terá a oportunidade de fazer a visita física gratuitamente.

O tour está disponível tanto em português como em inglês e espanhol. Para o futuro, este guia pensa já em apostar no turismo online e em trazer para este meio o tour histórico da cidade e um outro sobre arte urbana.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT