Na cidade

Estes dois veleiros contam a história dos miúdos que são guardiões do mar

A Missão Atlantis vai percorrer a costa portuguesa durante duas semanas. Parte de Matosinhos e fará paragens em cinco portos.
Foram os protagonistas do filme "Programa Atlantis".

Portugal tem mais de quatro milhões de quilómetros quadrados de zonas marítimas. É o maior estado costeiro da União Europeia e também um dos maiores a nível mundial. O território marítimo nacional é 40 vezes superior ao terrestre.

Com uma longa tradição marítima, Portugal foi um dos países que mais soube aproveitá-lo ao longo da história. Fomos, outrora, considerados os heróis do mar. Atualmente, porém, não é bem isso que acontece. Os barcos portugueses passam cada vez mais tempo ancorados e contam-se pelos dedos das mãos as pessoas que conhecem verdadeiramente a imensidão dos oceanos. 

É precisamente para aproximar os portugueses do mar e para relembrar a importância de cuidar daquilo que é nosso que a Missão Atlantis vai percorrer a costa portuguesa a bordo de dois veleiros. A frota irá parar em cinco estações náuticas do País com várias iniciativas pelo caminho, como ações de limpeza de praias e as Ocean Talks.

A missão começa no dia 30 de maio, em Leça da Palmeira, Matosinhos, até porque foi lá que tudo começou para Violeta Lapa, fundadora do Oceans and Flow, um movimento internacional focado no desenvolvimento de práticas aquáticas e na sensibilização para a conservação da água e dos oceanos. 

“Vamos numa expedição a bordo de dois veleiros para partilhar histórias inspiradoras e promover eventos em terra junto das comunidades locais, inspirar as pessoas através dos nossos conteúdos e aproximá-las do mar”, conta à NiT Violeta Lapa.

O primeiro dia desta viagem de duas semanas por terra e por mar é marcado pela exibição do filme “Programa Atlantis”, realizado pelo cineasta Gustavo Neves e protagonizado pelos alunos do 8.º ano da Escola Básica Navegador Rodrigues Soromenho, que fizeram parte das aventuras oceânicas. 

Promovido pela Oceans and Flow, o Programa Atlantis nasce, em 2020, da necessidade de levar a literacia do oceano aos jovens através de experiências aquáticas educativas e ferramentas de desenvolvimento humano. 

“Os nossos alunos ficaram a conhecer mais sobre o mundo aquático e tornaram-se verdadeiros guardiões do mar. O facto de terem entrado com uns óculos de mergulho e terem vivenciado e aprendido mais sobre o mundo marinho fez ampliar a consciência deles relativamente ao que se está a passar debaixo de água”, sublinha.

Com paragens em Santa Cruz, Restelo, Cascais e Lagos, a Missão Atlantis termina a viagem em Sesimbra, a 21 de junho, com uma apresentação da Ocean Talks, um conjunto de palestras inspiradoras que pretendem chamar a atenção para a importância de agir a nível local. Com entrada livre, as Ocean Talks vão ter lugar no Cineteatro Municipal João Mota, em Sesimbra, entre as 17 horas e as 20h30, e contará com sete oradores.

Ao longo das duas semanas de viagem, a Missão Atlantis celebrará três datas importantes durante a navegação: o Dia Mundial do Ambiente, a 5 de junho, o Dia Mundial dos Oceanos, a 8 de junho, e o Dia Mundial da Localização, a 21 de junho. É a primeira vez que Portugal se junta a esta última celebração, que “traz um olhar e reflexão sobre a importância de agirmos localmente”. 

No 30.º aniversário do Dia Mundial dos Oceanos, por exemplo, a praia de Carcavelos recebe a ação de sensibilização “Aquele Abraço”, onde se vai fazer “um cordão humano virado para o mar”, às 11 horas.

A bordo dos dois veleiros estarão vários protagonistas, incluindo Violeta Lapa e Cris Santos, da Oceans and Flow, Luís Brito, do projeto Vela Solidária, e Suzanne Van der Veeken, da Ocean Nomads, que vai estar acompanhada pelo seu cão, o Wingo. Eunice Maia, fundadora da primeira mercearia Zero Waste de Portugal, Andreas Noe, do projeto “The Trash Traveler” e Manuel Centeno, campeão nacional de bodyboard, são alguns dos embaixadores da missão. 

A viagem começa com apenas dois veleiros, mas ao longo do percurso a Missão Atlantis vai ser acompanhada pelos Ocean Nomads, uma comunidade que vive no mar e tem várias campanhas de sensibilização e desenvolvem documentários e campanhas de limpeza e micro plásticos. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT