na cidade

Festa ilegal com 20 pessoas termina após intervenção da GNR

A festa decorria numa vivenda em Vilamoura. No interior estavam cerca de 20 pessoas.
Foram passadios vários autos.

Nem o confinamento pára as festas ilegais. Esta sexta-feira, 29 de janeiro, a GNR foi obrigada a intervir numa vivenda em Vilamoura, no Algarve, onde encontrou cerca de 20 pessoas, em total incumprimento das várias medidas impostas no atual estado de emergência. A chegada da GNR aconteceu pelas 22 horas depois de uma denúncia.

Segundo o comunicado do Comando Territorial de Faro enviado à agência Lusa, citado pelo “Observador”, ao chegarem ao local os militares encontraram vários veículos estacionados à porta e música muito alta.

O responsável pela vivenda foi contactado e a festa terminou. Todas as pessoas presentes foram identificadas. Acabaram por ser levantados autos de contraordenação por incumprimento do dever de recolhimento domiciliário, bem como o de crime de propagação de doença.

Já na região de Lisboa, na Pontinha, a polícia também foi chamada a intervir numa festa ilegal que estava a decorrer num barracão no passado fim de semana. Nesse caso juntaram-se perto de 50 jovens.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT