Na cidade

Foram encontrados golfinhos e várias gaivotas mortos no estuário do Sado

Foi encontrado um golfinho arrojado morto no estuário do rio Sado, em Setúbal.
Estuário do Sado.

Esta segunda-feira, dia 13 de janeiro, foi encontrado um golfinho arrojado morto no estuário do rio Sado, em Setúbal. É o quinto animal a ser encontrado nos últimos dias, noticia a “TVI24”.

A SOS Animal refere ainda que foram encontradas várias gaivotas sem vida junta da costa de Tróia. Estes animais estarão perto da localização onde tem sido feita a deposição dos dragados.

A organização já enviou uma nota a pedir esclarecimentos aos grupos parlamentares. Desde dezembro do ano passado que há obras no estuário do Sado com o objetivo de ampliar o porto de Setúbal. Desde o início das dragagens que vários pescadores e ambientalistas se têm manifestado contra a intervenção.

Em comunicado enviado à NiT, o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, esclarece que “existe uma rede nacional de resposta a arrojamentos — fenómeno de arrastamento de animais nas zonas de costa por efeito das marés — de mamíferos marinhos coordenada pelo ICNF que articula a intervenção das diferentes entidades com competência na matéria”.

O arrojamento de mamíferos é um acontecimento comum na costa portuguesa, que ocorre durante todo o ano, “e tem diversas origens, desde a morte natural dos animais à captura acidental em artes de pesca, ou devido a fenómenos meteorológicos extremos”, explica ainda o Instituto, acrescentando que a situação referida será avaliada.

(Atualizado no dia 16 de janeiro, às 13h55.)

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT