Na cidade

Fundação do criador da Farfetch está a oferecer bolsas para propinas universitárias

A Fundação José Neves tem 1028 vagas em 13 universidade e politécnicos do País. O investimento foi de 1,3 milhões de euros.
É um grande alívio.

Todos sabemos que andar na universidade não é barato. Além de muitas vezes nos termos de preocupar com o aluguer de uma casa ou quarto, que por si só é dispendioso, temos a questão das propinas.

O que acaba por ajudar muitos estudantes são as bolsas de estudo, que suportam os custos de um curso superior. A Fundação José Neves (FJN), criada em setembro de 2020 pelo fundador da Farfetch (plataforma de compras de luxo), já financiou 178 bolsas, e em novembro abriu um concurso para oferecer mais 1028.

O investimento da FJN será de 1,3 milhões de euros e abrangerá 156 cursos espalhados por 13 universidades públicas e politécnicos. Segundo o que Carlos Oliveira (Presidente Executivo da Fundação) explica em comunicado, “o ISA FJN é um programa de apoio a todos os portugueses que pretendam investir na sua educação, independentemente da situação pessoal, profissional ou capacidade financeira.” E acrescenta: “Pretendemos democratizar o acesso à educação.” As propinas são totalmente pagas pela Fundação José Neves.

A Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, o Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa, o Instituto Politécnico de Leiria, o Instituto Politécnico de Setúbal, o Instituto Politécnico de Tomar, o Instituto Politécnico de Viana do Castelo, o Instituto Politécnico do Cávado e Ave, o Instituto Politécnico do Porto (ISEP), o Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa, a Universidade de Aveiro, a Universidade de Évora, a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e a Universidade do Minho são as instituições de educação superior incluídos na iniciativa.

As bolsas estão disponíveis para estudantes e para todos os que já estejam no mercado de trabalho, dando a oportunidade a toda a gente de levar a sua educação escolar mais além. O valor apenas será reembolsado pelos alunos se e quando atingir as condições previamente definidas para o fazer de forma sustentada.

Todos os interessados em participar no concurso devem submeter a candidatura na plataforma da Fundação até 15 de dezembro, juntamente com a inscrição na instituição de ensino superior.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT