Na cidade

Governo ainda não vai mudar regras do confinamento (alterações só daqui a 15 dias)

Esta quinta-feira não haverá informações novas sobre aligeiramento das restrições.
Só muda na terça-feira.

Segundo vários jornais portugueses, como o “Público” e o “Observador”, o governo não vai aligeirar as regras do confinamento — nem anunciar quando isso vai acontecer — esta quinta-feira, 25 de fevereiro, quando o conselho de ministros aprovar o decreto de execução do próximo estado de emergência, que entra em vigor a 2 de março, depois de aprovado pela Assembleia da República.

O “Observador” diz que as alterações às restrições só vão ser anunciadas daqui a cerca de 15 dias, depois da próxima reunião no Infarmed, que está marcada para a segunda semana de março. Só aí o executivo vai revelar o plano para o desconfinamento gradual, sendo que o governo estará preocupado neste momento com o aumento da circulação que se verificou nos últimos dias.

Já na segunda-feira, 22 de fevereiro, depois da reunião dos governantes com os especialistas do Infarmed, tinha sido passada a mensagem de que ainda não havia condições para começar o desconfinamento.

“Este não é o momento de falar de tempos ou de modos, lá chegaremos. Todas as hipóteses neste contexto são hipóteses de cenários que são possíveis”, disse a ministra da Saúde, Marta Temido, acrescentando que é fulcral que o número de internados desça significativamente.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT