Na cidade

Imóveis com rendas acessíveis em Lisboa vão ficar isentos do pagamento de IMI

A medida foi anunciada esta sexta-feira pelo vice-presidente da Câmara Municipal da capital.
Pandemia mudou mercado.

A Câmara Municipal de Lisboa tinha determinado um desconto de 20 por cento para todos os arrendamentos da cidade. Agora, a medida vai mudar, anunciou João Paulo Saraiva, vice-presidente da autarquia, esta sexta-feira, 13 de novembro.

“Significa que, quem tiver rendas acessíveis e quem praticar rendas acessíveis, nomeadamente através dos programas municipais, poderá ter uma isenção de 100 por cento e, portanto, deixará de pagar IMI”, começa por explicar, segundo a agência Lusa, citada pelo site “Sapo 24”.

Segundo o responsável, há mais uma novidade: aqueles que praticavam rendas especulativas deixam de poder usufruir da possibilidade de 20 por de desconto. Além disso, os prédios devolutos terão o valor de IMI agravado gradualmente.

“Estamos convictos, e o legislador também, que se nós ainda forçarmos um pouco mais esse agravamento, a velocidade e a propensão para que estes fogos voltem ao mercado de arrendamento, ou sejam utilizados para habitação de outra forma, vai ser ainda maior”, continuou.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT