Na cidade

Ir de Lisboa ao Porto de comboio vai passar a demorar apenas 1h15 — mas só em 2030

A construção da nova linha de alta velocidade será feita em três fases e prevê a edificação de uma nova ponte sobre o rio Douro.
A viagem demorará metade do tempo atual

Esqueça as quase três horas de viagem do Alfa Pendular, atualmente o comboio mais rápido a fazer a ligação entre Porto e Lisboa. O governo apresentou esta quarta-feira, 28 de setembro, o projeto da nova linha de alta velocidade que vai ligar as duas principais cidades do País em metade do tempo.

Irá permitir fazer o percurso em apenas 1h15, a velocidades sempre próximas dos 300 quilómetros por hora e sem paragens — mas só a partir de 2030. A construção será realizada em três fases, sendo que a primeira irá decorrer até 2028 e passa pela construção do troço entre Porto e Soure. Segundo Carlos Fernandes, membro do conselho de administração da Infraestruturas de Portugal, este troço é o “mais congestionado da linha do Norte” e o tempo de percurso estimado será de 1h59.

Segue-se o troço entre Soure e Carregado, que deve estar concluído até 2023 e diminuirá o tempo de percurso para 1h19. Já a terceira fase, entre Carregado e Lisboa, “será construída mais tarde” e permitirá atingir a duração final de 1h15 de toda a ligação.

“Esta linha estará totalmente integrada com o resto da rede ferroviária nacional”, afirmou Carlos Fernandes, adiantando que estão previstas “múltiplas ligações” entre a rota de alta velocidade e o resto da rede ferroviária. Assim, os benefícios da nova linha estendem-se também ao resto do País. A viagem do Porto até Santarém, por exemplo, passará a demorar menos 33 minutos.

A construção desta ligação de alta velocidade obrigará à criação de uma estação em Vila Nova de Gaia e já está a ser estudada uma nova travessia do Douro, na zona do Porto.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT