Na cidade

Já não há mergulhos em Arroios: a piscina foi encerrada devido a problemas de segurança

Perda de água pelo fundo, bolhas de ar e piso escorregadio são alguns dos problemas da infraestrutura da freguesia lisboeta.
Foto: JF Arroios.

Se estava a pensar ir até à piscina de Arroios, em Lisboa, para fugir ao calor ou praticar natação, é melhor mudar de planos. Um ano depois da inauguração, a Junta de Freguesia de Arroios informou esta segunda-feira, 22 de agosto, que o equipamento desportivo foi encerrado ao público.

Segundo explica a autarquia em comunicado, a decisão de fechar as portas decorreu dos resultados de um relatório elaborado no âmbito da primeira manutenção. Ao que parece, o equipamento tinha problemas graves estruturais e de segurança.

O documento revelou “perdas de água no fundo da cuba da piscina, bolhas de ar e deformações na tela, funcionamento deficiente do sistema de extração de humidade e renovação de ar e zonas de piso escorregadio não adaptado à prática da natação”. Na sequência dos problemas apontados, a piscina foi imediatamente esvaziada e interdita ao público para não colocar em perigo os utilizadores da mesma.

“Sabendo que a Piscina de Arroios é de construção recente (foi inaugurada em setembro de 2021), pelo anterior executivo, a freguesia deu de imediato início a um inquérito junto da empresa construtora da infraestrutura para perceber o porquê de a mesma estar nestas condições”, informa a nota da autarquia. Ainda não foi avançada nenhuma data de reabertura do equipamento desportivo.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT