Na cidade

A maior feira de turismo chegou a Lisboa. Vai oferecer viagens e estadias em hotéis

Com o desafio “Passaporte BTL”, os visitantes podem viajar pelo recinto da FIL e receber um conjunto de prémios especiais.
Há muitos prémios.

Durante os próximos cinco dias, todos os caminhos vão dar ao recinto da FIL ‒ Feira Internacional de Lisboa. A 34.ª edição da BTL ‒ Bolsa de Turismo de Lisboa arrancou esta quarta-feira, 28 de fevereiro, e promete ser ainda “mais completa e diversificada” do que nos anos anteriores.

Com um espaço de exposição completamente esgotado e uma oferta internacional superior (mais de 85 destinos), vai ser difícil não se perder nos quatro pavilhões da feira, onde estarão mais de 400 expositores e cerca de 1.400 empresas e instituições.

Os primeiros dois dias da BTL, considerada o maior evento nacional de turismo, são dedicados aos profissionais do setor. O foco será o networking, promoção de relações comerciais e encontros B2B. 

Depois, as portas serão abertas para o público em geral, que tem três dias inteiros para planear e comprar pacotes de férias, conhecer novos destinos e descobrir o melhor da oferta nacional e internacional de viagens. No meio disto tudo, ainda pode ter a oportunidade de viajar pelo recinto da FIL e ganhar prémios especiais, tudo graças ao desafio intitulado “Passaporte BTL”, uma iniciativa conjunta da feira e da agência de viagens Top Atlântico.

O passatempo será válido nos dias 1, 2 e 3 de março (sexta, sábado e domingo) e a lógica é bastante simples: os visitantes devem levantar um passaporte no balcão Passaporte BTL, situado à entrada do pavilhão 4.  

Já com o documento na mão, começa a verdadeira aventura. Os visitantes deverão visitar os stands da Top Atlântico dos vários destinos internacionais identificados no passaporte e, em cada um, receber um carimbo — mas não sem antes completarem desafios simples, como conhecer e experienciar o destino dentro da BTL.

Quando estiver totalmente carimbado, devem regressar ao balcão inicial para validar o documento e receber um envelope, onde estará escondido o prémio de participação. Podem ser viagens, estadias em hotéis, vouchers de desconto, cheques-viagens, bilhetes para as feiras da FIL, entre outros. O regulamento pode ser consultado online.     

Além deste passatempo, há muitos outros expositores a lançarem desafios e promoções. É o caso dos hotéis Vila Galé, que terão ofertas exclusivas nas reservas diretas feitas durante a BTL. Para conseguir descontos até 50 por cento, basta participar num jogo da memória para descobrir vários pares de imagens iguais.

Conhecida por acompanhar as tendências no mercado de inovação turística, diversidade e inclusão, a BTL vai apresentar, como é habitual, uma vasta oferta ao nível da sua programação, que passa por várias áreas, desde a tecnologia à cultura. Na nova edição da feira de viagens, o destaque vai para Cabo Verde, que foi confirmado como o país internacional convidado.

“É um destino muito especial para os viajantes portugueses. Recebê-lo como destino internacional convidado na BTL 2024 é uma forma de celebrar a ligação próxima e duradoura entre os nossos dois mercados”, refere Dália Palma, gestora da Bolsa de Turismo de Lisboa.

Além do arquipélago, estreiam-se outros destinos internacionais, como a Jordânia, as Seychelles e o Vietname. A Itália, a Guatemala, a Venezuela e o Uruguai também vão marcar presença.

Já no que diz respeito a Portugal, o município convidado é Coimbra, enquanto que os Açores são o destino nacional convidado. “Prevemos uma BTL que continua a ter o foco na qualidade, diversidade e no valor que entregamos aos nossos clientes, ultrapassando os resultados da última edição”, destacou a mesma responsável.

Depois do sucesso do ano passado, o evento vai voltar a apostar na BTL LGBTI+. O objetivo é tornar o País um destino obrigatório para este segmento turístico, promovendo a inclusão, a diversidade e a quebra de barreiras.

O famoso espaço que pretende ser um hub de conhecimento e partilha de ideias, conhecido como BTL Lab, também está de regresso à FIL. Vai contar com a apresentação de talks a nível tecnológico digital, ecológico e cultural.

No Pavilhão 1, vão estar instaladas as sete entidades regionais, enquanto que o Pavilhão 2 estará ocupado com comunidades intermunicipais, câmaras municipais e gastronomia. A sala 3 é dedicada aos setores dos serviços e alojamento. A área dos destinos internacionais e distribuição vai estar disponível no Pavilhão 4.

A Feira Internacional de Lisboa pode ser visitada pelo público em geral na sexta-feira, das 17 às 23 horas, no sábado, do meio-dia às 23 horas, e no domingo, do meio-dia às 20 horas. O bilhete diário para o público em geral pode ser comprado online e custa 8€.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT