Na cidade

Mau tempo em Portugal: vento derrubou árvores e causou dezenas de ocorrências

O estado do tempo agravou-se devido à passagem da depressão Hortense.
O mau tempo vai continuar até ao final de semana.

Depois de Gaetan, passou por Portugal a depressão Hortense, que fez estragos na madrugada desta sexta-feira, 22 de janeiro. Sem as contabilizar, fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) disse à Lusa que registou várias ocorrências até às 6h30, entre elas quedas de árvores.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) avançou, citado pelo site “Sapo 24”, que apenas em Viseu foram reportadas “63 ocorrências no distrito relacionadas com quedas de árvores, postes e placas de trânsito por causa do vento forte, mas nenhuma situação grave”.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), Portugal continental está a ser afetado por chuva e vento forte, assim como agitação marítima, devido à passagem de sistemas frontais associados à depressão Hortense.

Esta sexta-feira, a costa está em aviso laranja e amarelo devido às ondas que podem chegar aos seis metros. No norte do País há, também, distritos sob aviso por causa do vento e da queda de neve, como é o caso de Vila Real, Bragança e Castelo Branco.

No que diz respeito às temperaturas, as mínimas variam entre os três (Guarda) e os 11 graus (Faro). Já as máximas ficam entre sete (Guarda) e 18 graus (Faro).

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT