Na cidade

Mercados e outras atividades à borla para fazer no primeiro fim de semana de março

Com a chegada de um novo mês, arranca também mais uma edição dos mercados mais alternativos de Lisboa.
É tudo gratuito.

O primeiro fim de semana de um novo mês é sempre sinónimo de mais mercados para conhecer — e a melhor forma de dar as boas-vindas a março é mesmo explorar tudo o que a cidade tem para oferecer. 

Durante o fim de semana, pode aproveitar para passear pelo “mercado mais alternativo de Lisboa”, também conhecido como Anjos70 Art & Flea Market, que regressa para a segunda edição de 2024. Situado em Alvalade, terá mais de 50 bancas com uma variedade de artigos à venda, como objetivos decorativos, peças de roupa, acessórios, antiguidades e propostas vintage.

Esta não é, contudo, a única opção. O Mercado P’la Arte também vai regressar ao Prata Riverside Village. O conceito desta feira é muito simples: expor e vender obras de artistas visuais. Paralelamente, haverá ainda uma área com editoras independentes e onde poderão ser vendidos livros de artistas. 

Já no domingo, pode aproveitar para conhecer o Mercado Craft & Design, que já é uma espécie de tradição no Jardim da Estrela. O tema desta edição é “Bloom” e vai poder encontrar projetos de autor nas áreas de moda, ilustração, joalharia, decoração e design.

Além das feiras e mercados, há uma série de exposições que estão abertas ao público no fim de semana e têm entrada livre. É o caso da mostra “Existem Pedras nos Olhos”, de Alice Geirinhas, ou “Modo de Ver”, uma retrospetiva da obra visual de Ricardo Cruz-Filipe.

Confira abaixo as sugestões gratuitas da NiT para este fim de semana em Lisboa.

Sábado, 2 de março

Anjos70 Art & Flea Market

O “mercado mais alternativo” de Lisboa regressa para a segunda edição de 2024. Situado em Alvalade, terá mais de 50 bancas com uma variedade de artigos à venda, como objetos decorativos, peças de roupa, acessórios, antiguidades, propostas vintage, bem como criações contemporâneas e originais de artistas emergentes.

Mercado P’la Arte 

No primeiro sábado do mês, o Prata Riverside Village acolhe uma “inovadora experiência” que permite a mais de 30 artistas apresentar e comercializar de forma criativa e atrativa o seu trabalho. O mercado consiste num projeto de exposição e venda de obras de artistas visuais.

Exposição “Liberdade ‒ Portugal, Lugar de Encontros”

O Centro Cultural de Cabo Verde recebe uma mostra sobre vários artistas que já partiram e regressaram, mas também sobre os que chegaram e ficaram em Portugal. Todos registaram os encontros em imagens e as obras expostas permitem viajar à descoberta de diversos mundos de criatividade e influências. As peças incluem pinturas, serigrafias, fotografias, esculturas, azulejos e tapeçarias.

Visita temática ao Museu do Dinheiro

Vai poder visitar o espaço sob um novo olhar, em torno de uma seleção de peças em exposição e das narrativas das moedas nas suas diferentes formas. O objetivo é compreender o modo como a movimentação de milhões de pessoas africanas escravizadas influenciou as economias e sociedades atlânticas a partir do século XV. 

Teatro “A Volta ao Mundo em 80 dias”

A empolgante adaptação teatral do clássico romance de Júlio Verne vai poder ser vista no Auditório Carlos Paredes. A história segue o destemido Phileas Fogg, um cavalheiro inglês que faz uma aposta audaciosa de que pode dar a volta ao mundo em apenas 80 dias.

Acompanhado pelo seu fiel criado, Passepartout, a dupla enfrenta uma série de desafios, desde perseguições emocionantes até encontros inesperados, enquanto tentam cumprir a ousada aposta e provar que nada é impossível quando se tem determinação.

Exposição “Existem Pedras nos Olhos”

A mais recente exposição de Alice Geirinhas está patente na Galeria Quadrum e reúne uma seleção de obras que vão do desenho à pintura, das artes gráficas à ilustração, do vídeo à instalação, datadas de diversos períodos.

 Ciclo de concertos de órgão

Ao longo de 2024, a Igreja de Santo António está a acolher um ciclo de concertos de órgão, no primeiro sábado de cada mês. Sob direção artística de Sérgio Silva, este concerto apresenta peças do repertório sacro para este instrumento. 

Domingo, 3 de março

Exposição “OzeArv”, no BOTA Anjos

“A Alegria de um Caos Constante” é uma série de retratos de humanos estranhos para si próprios, mas que têm a particularidade de viverem num caos permanente, seja na cor ou no género com que se apresentam à vida das pinturas, seja na forma como tentam reconstruir o caos de uma moral analógica para um presente digital. 

Nestas pinturas, OzeArv exprime o sentimento do desaparecimento dos valores antigos para a transição de uma modernidade onde a vandalização do coletivo ajuda à compreensão do indivíduo.

Exposição “A Vida Sem Palavras”, na Casa da Achada ‒ Centro Mário Dionísio

Exposição de pinturas e desenhos que pertenceram a José Gomes Ferreira. Com obras de Nikias Skapinakis, Bernardo Marques, Sarah Afonso, Manuel Ribeiro de Pavia, Stuart Carvalhais, Maria Keil, Mário Dionísio, entre outros.

Mercado Crafts & Design

Já é uma espécie de tradição de fim de semana no Jardim da Estrela, em Lisboa. “Bloom” é o tema da próxima edição e poderá encontrar projetos de autor nas áreas de moda, ilustração, joalharia, decoração e design. No mês em que se dá a chegada de uma nova estação, celebramos os novos aromas, cores e texturas que o jardim nos reserva.

Mercado CCB

No primeiro domingo de cada mês, o Centro Cultural de Belém organiza uma feira. Da gastronomia à natureza, das ofertas para miúdos ao artesanato contemporâneo, as marcas e os projetos portugueses que foram convidados a mostrar o seu trabalho. O público é desafiado a ver e a participar em oficinas, a assistir a momentos de culinária ou a dançar ao final do dia.

Exposição “Modo de Ver”, de Cruz-Filipe

A Fundação Calouste Gulbenkian recebe uma exposição que é uma retrospetiva da obra visual de Ricardo Cruz-Filipe. A mostra apresenta 57 pinturas que traçam a evolução do seu trabalho desde a década de 1970 até à última tela, pintada em 2020, bem como 10 obras inéditas criadas a partir de 2015, que deram continuidade ao segundo grande ciclo da sua pintura dedicado à paisagem.

Atelier de dança para miúdos e famílias

A Companhia Nacional de Bailado convida crianças e famílias a dançar, brincar e descobrir todos os segredos e curiosidades por detrás das obras que apresentam ao longo da temporada. Vai poder dar os primeiros passos de dança, com orientação da bailarina Sílvia Santos.  

Feira de Inverno da Estrela

A festa, que já começa a ganhar alguma tradição na cidade regressou no dia 25 de janeiro, promete “ocupar os dias frios de pais e filhos e garantir muita alegria e entretenimento para toda a família”. O recinto irá contar com as habituais bancas de artesanato e produtos regionais, jogos tradicionais, carrosséis, roda-gigante, carrinhos de choque e muito mais. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT