Na cidade

Metro de Lisboa: Construção da linha circular vai desviar o comboio para Cascais

Este é um dos vários condicionamentos provocados pelas obras. Para já, só se verificam pequenos desvios na Avenida 24 de Julho.
Esteja atento.

As obras de expansão do Metro de Lisboa correspondentes à construção da estação de Santos e do túnel entre essa estação e o Cais do Sodré já começaram. Até agora, os trabalhos daquele que é designado o Lote 2 da empreitada da Linha Circular apenas provocaram pequenos desvios na mobilidade pedonal e ciclável da Avenida 24 de Julho, mas as interferências no local devem causar transtornos significativos, avança o “Lisboa Para Pessoas”.

Segundo a Avaliação de Impacte Ambiental (AIA) relativa a este Lote 2, citada pela publicação digital, além da via mencionada, também a Avenida D. Carlos I, a Rua D. Luís I, a Calçada Ribeiro Santos e toda a envolvente de Santos junto ao Largo Vitorino Damásio serão afetados.

Entre os condicionamentos previstos encontra-se a “a ligação das linhas dos elétricos da Carris no cruzamento rodoviário entre a Avenida 24 de Julho e a Calçada Ribeiro Santos”, que “permitirá desviar a carreira 25E da Avenida D. Carlos I para a Avenida 24 de Julho”.

Igualmente planeado está o “desvio da linha ferroviária de Cascais e da linha dos elétricos da Carris (a da carreira 15E, entre outras) para a zona rodoviária da Avenida 24 de Julho”.

Inicialmente, “o troço da Avenida 24 de Julho afetado pela obra será integralmente cortado ao trânsito rodoviário, sendo o mesmo desviado para ruas paralelas e perpendiculares, que serão ajustadas para receberem esse trânsito”. Noutra fase, “será reposta a circulação na 24 de Julho com uma via em cada sentido na zona da obra”. Ainda que com restrições, mantém-se o acesso pedonal e ciclável à zona do passeio largo da rua.

Da mesma forma, são esperadas a remoção de algumas árvores e o corte de uma parte do separador central da avenida — estruturas a ser recuperadas após a conclusão das obras. A inauguração da Linha Circular está prevista para 2024.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT