Na cidade

Metro de Lisboa foi autorizado a contratar e vai ter mais 58 novos trabalhadores

A medida surge no seguimento da autorização concedida pelo Governo e pretende dar resposta às reivindicações dos funcionários.
Há concursos a decorrer até 31 de julho.

O Metropolitano de Lisboa anunciou esta quinta-feira, dia 16 de junho, que iniciou um processo de contratação para reforçar as suas equipas. Após greves sucessivas por parte dos funcionários, que exigem melhores salários, a empresa opta por apostar no aumento dos recursos humanos. A decisão foi tomada após a autorização do Governo, no âmbito do Plano de Atividades e Orçamento de 2022, e prevê a admissão de 58 trabalhadores.

Estão a decorrer oito concursos que visam este reforço, sendo que está prevista a abertura de outros cinco até 31 de julho. Ao todo, o objetivo é contratar 34 novos agentes de tráfego, 13 oficiais de manutenção, dois inspetores de obra e nove técnicos especializados.

De acordo com a empresa de transportes, “a autorização de recrutamento agora concedida permite dar resposta às principais reivindicações” que têm sido feitas pelas atuais equipas por permitir “a admissão imediata de trabalhadores, bem como as respetivas progressões nas carreiras de forma a completar as vagas existentes.”

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT