Na cidade

Multidão vai ver as ondas da Nazaré — e autarquia proíbe acesso ao farol

As ondas gigantes na Praia do Norte antecedem o período de espera para o campeonato, previsto para novembro.
É a mais recente polémica.

Foi uma manhã atribulada na Nazaré, com milhares de pessoas a concentrarem-se nas arribas da praia do Norte. A multidão foi até ao local depois de ser anunciado que se esperavam ondas gigantes nesta quinta-feira, 29 de outubro, com o IPMA a colocar o distrito de Leiria em alerta laranja por causa da agitação marítima. 

Esta situação “atrai muitos surfistas estrangeiros e portugueses para surfar na praia do Norte, e simultaneamente pessoas de vários países que se deslocam para assistir”, revelou à Lusa, citado pelo “Eco“, o presidente da Câmara Municipal da Nazaré, Walter Chicharro. 

Num ano de pandemia, a afluência do público levanta problemas de segurança, tendo em conta que “não é um evento que depende de autorizações e normas das entidades de saúde”, acrescentou. Além disso, é também “complicado, mesmo do ponto de vista legal, condicionar a circulação de pessoas, porque nem o País, nem a Nazaré estão fechados”, apontou o responsável político. 

Ainda assim, a câmara e a Capitania da Nazaré decidiram cortar o acesso pedonal à estrada do farol, com o objetivo de reduzir a concentração de público e garantir as condições de segurança. “O acesso pedonal vai ser proibido e vamos apelar à dispersão das pessoas concentradas junto ao Forte de S. Miguel para tentar reduzir os aglomerados”, explicou o comandante do Porto da Nazaré, Zeferino Henriques. 

Quer a capitania, quer os bombeiros estão a fazer alertas “em várias línguas, para que as pessoas usem a máscara” — obrigatórias desde esta quarta-feira, 28 de outubro. A importância de cumprir o distanciamento social e a etiqueta respiratória são outros dos aspetos apontados pelo comandante. A Capitania do Porto da Nazaré empenhou ainda para a Praia do Norte todos os meios da Estação Salva-Vidas (para socorro no mar), a Polícia Marítima e um reforço da PSP, dos bombeiros e da proteção civil. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT