Na cidade

Municípios do Algarve não vão ter festas de Passagem de Ano

Autarquias reuniram-se e decidiram não realizar espetáculos de réveillon na região — mas haverá alguns fogos de artifício.
Este ano não vai dar (Foto de WarmRental de 2018).

A decisão dos municípios do Algarve foi anunciada esta sexta-feira, 3 de dezembro: não serão organizados eventos de Ano Novo na região. Horas antes, a medida tinha sido consensualizada em sede de Reunião do Conselho Intermunicipal da AMAL. Os autarcas consideram não estar reunidas as condições para permitir a realização de espetáculos na Passagem de Ano nos concelhos algarvios.

Segundo uma nota de imprensa da Comunidade Intermunicipal do Algarve, no atual contexto de pandemia, e atendendo à recente evolução epidemiológica, os municípios decidiram não realizar os espetáculos e festas de Passagem de Ano na região.

De acordo com a mesma entidade, mesmo que algumas iniciativas fossem de realização ao ar livre, teriam que obedecer a um conjunto de orientações da DGS, e os autarcas afirmam não estarem reunidas as condições para serem cumpridas, uma vez que implicam uma grande concentração de pessoas.

Quanto ao fogo de artifício, “alguns autarcas irão manter essa tradição, sendo que outros decidiram não avançar uma vez que podem promover aglomeração” de pessoas. Por esta razão, também foram canceladas várias iniciativas que integravam a programação de Natal.

A comunidade afirma ainda estar consciente de que esta decisão poderá trazer constrangimentos aos empresários e comerciantes da região, defendendo, porém que, nesta altura, “o foco deverá estar centrado na proteção da saúde e bem-estar da população do Algarve”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT