Na cidade

Nova realidade da Feira de Carcavelos: fila para entrar, máscaras e desinfetante

A Feira de Carcavelos reabriu no dia 21 de maio e a NiT foi ver como está a funcionar nesta nova normalidade.
A feira estava muito vazia.

Todas as quintas-feiras, em Carcavelos, é dia de feira. Os feirantes chegam de madrugada, montam as bancas, e esperam os fregueses. Foi assim todas as semanas dos últimos anos, pelo menos até março, quando surgiu a pandemia do novo coronavírus que levou a que grande parte do País — e do mundo — fechasse.

Com o desconfinamento gradual a ser posto em prática em vários setores económicos, também os recintos das feiras voltaram a receber feirantes e clientes. A Feira de Carcavelos reabriu na passada quinta-feira, dia 21 de maio.

Uma semana depois, nesta quinta-feira, dia 28, a NiT foi ao recinto desta feira constatar as diferenças. Apesar de ter algumas pessoas às compras, o movimento nada é comparável aos tempos pré-pandemia. Os próprios feirantes, estão reduzidos em número e, dentro do recinto, só se anda com máscara. Na entrada, forma-se uma fila, com o devido espaçamento, para que se entre de forma faseada.

As bancas, afastadas entre si, disponibilizam gel desinfetante, e os feirantes, além de máscaras, e por vezes viseiras, utilizam luvas.

De seguida, carregue na galeria e veja como se encontrava o recinto da Feira de Carcavelos no início desta manhã.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT