na cidade

Novo sistema de videovigilância em Cascais vai ter mais de 300 câmaras

Os aparelhos serão instalados até 2023 para prevenir a criminalidade no concelho e promover uma resposta policial mais eficaz.
Vão ser instaladas até 2023.

Cascais já conta com um sistema de videovigilância em parques de estacionamento fechados, docas das estações de bicicletas e nos autocarros. Até 2023, serão instaladas mais de 300 câmaras com o objetivo de prevenir a a criminalidade e promover uma melhor resposta policial.

O projeto foi apresentado pela autarquia esta quinta-feira, 9 de junho, na Casa Sommer. “Acreditamos que a segurança de todos é fundamental, por isso assumimos este compromisso do município de investir numa rede CCTV [circuito fechado de televisão]”, disse Miguel Pinto Luz, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais.

Serão instaladas mais de 368 câmaras um pouco por todo o concelho: 37 em Alcabideche, 135 em Cascais, 47 no Estoril, 51 na Parede, 47 em Carcavelos, e 51 em São Domingos de Rana. Os locais para a implementação da videovigilância foram escolhidos em conjunto com a PSP e a GNR.

Após um estudo foram reconhecidas as zonas com histórico de ocorrências e mais índices criminais e até onde existe uma maior concentração de pessoas.

“Vão permitir às autoridades uma resposta mais célere a problemas de segurança pública que venham a colocar-se. As imagens podem ser utilizadas em investigações criminais, e, portanto, permitir, de uma forma geral, uma maior perceção de segurança a quem visita ou a quem vive nesta terra”, continuou Miguel Pinto Luz.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT