Na cidade

Novos sunsets no Tejo têm festas ao ritmo dos ABBA e dress code estilo “Mamma Mia”

A The Tall Ship Lisbon Tour é a mais recente atração do rio. A inauguração foi um sucesso e tornou-se viral nas redes sociais.
Para ir e repetir.

Samuel Castro cresceu com uma família desde sempre ligada ao mar. O pai trabalhava na Marinha Portuguesa e o irmão tinha uma empresa de eventos náuticos no Tejo. Ali aprendeu de tudo — desde contabilidade, vendas até à documentação de procedimentos. Agora, aos 29 anos, é a cara da The Tall Ship Lisbon Tour. 

O novo projeto turístico da Imagine O’Clock chega à capital com uma festa ao som dos ABBA e ao estilo do filme “Mamma Mia” a bordo de um veleiro. O passeio pelo Tejo acontece já a 13 de julho, a partir das 19h30, e repete-se todos os sábados até ao fim do verão. 

A primeira viagem da empresa aconteceu na passada sexta-feira, 5 de julho, e foi um sucesso. “Criou-se todo um ambiente para ver a Seleção, os dois barcos ficaram lotados e as nossas redes sociais ficaram inundadas de feedback positivo”, descreve o responsável, Samuel Castro, à NiT.

O preço inaugural de 5€, com bebida incluída, provocou uma autêntica loucura. “O importante era criar uma dinâmica e começar com a divulgação, mas não esperávamos tanta gente”, acrescenta. 

Por trás da The Tall Ship Lisbon Tour está uma equipa jovem, com sete elementos e idades a rondar os 25 anos. O resultado é uma experiência que reflete as últimas tendências no que toca a organização de eventos, com abordagens que cativam clientes de todas as idades. “A área náutica é histórica, e não é muito comum nesta faixa etária”, revela. Sempre com a tradição secular em mente, tornaram-se no mais recente projeto do género a operar no Tejo. 

As viagens acontecem a bordo de quatro embarcações. O Leão Holandês, um veleiro escuna, é o mais tradicional e parece saído de um filme de corsários. Samuel e a equipa já o conheciam da doca e quando souberam que o proprietário tinha morrido e estava atracado, decidiram criar todo um projeto à sua volta. Tem a capacidade para 70 passageiros, dois pisos, um salão interior amplo e foi o primeiro marítimo-turístico a operar em Portugal. Na tripulação pode contar com três elementos e outros dois no bar. 

 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by BOWT (@bowt.official)

A frota inclui ainda o veleiro escuna Westen Wind (que ainda não está a operar) e dois catamarãs — o Cardume e o Thalita. Estes últimos, com uma capacidade menor, são ideais para despedidas de solteiros. A rota inclui alguns dos pontos mais emblemáticos de Lisboa, com destaque para a vista sobre o Terreiro do Paço, a Torre de Belém, o Padrão dos Descobrimentos e o Cristo Rei. A experiência inclui uma bebida grátis e sunsets inesquecíveis ao som de muita música. 

“O nosso foco vai mesmo para uma experiência a bordo diferente. Não queremos apenas um passeio de barco”, acrescenta Samuel. Os desafios acompanham sempre qualquer projeto para quem começa do zero. Tal e qual aconteceu com este grupo, que, com alguns nervos e ansiedade, decidiu arriscar. “Por sermos novos falta-nos a experiência. Pensamos em trabalhar bastante, com muita vontade, embora com a dúvida de que possa não ser suficiente”, conta. 

Embora Portugal seja um país virado para o mar, há outros entraves que o jovem salienta como desafios num negócio marítimo. “Acho que os enjoos são o maior preconceito que têm aqui sobre o Tejo”, refere, explicando que muitos rejeitam os passeios sem conhecer a realidade. 

Ao que parece, alguns dos receios foram subestimados. Depois de uma inauguração completa, preparam a festa temática “Mamma Mia”, a bordo do clássico holandês, e pronta a estrear (13 de julho). Durante duas horas de passeio, só sobe a bordo quem for vestido a rigor, pronto para interpretar as canções dos ABBA que deram origem um dos filmes mais famosos do mundo, protagonizado por Meryl Streep. As reservas já podem ser feitas online. 

Da doca de Alcântara, a boa disposição, flexibilidade e animação farão parte de todo o itinerário que acaba no cais. O valor é de 25€ por pessoa e inclui uma bebida e um kit de acessórios — se estiver atento ao site vão existir promoções. 

Além disso, há sunsets programados para todos os finais de tarde durante o verão, com DJ’s, um bar e refeições a acompanhar a experiência. Os preços podem ser consultados online, assim como as reservas. Os passeios diários começam nos 25€, dependendo do barco escolhido. Caso prefira, pode alugar as embarcações para eventos privados com valores acima dos 500€. 

Carregue na galeria para ficar a conhecer algumas das embarcações onde poderá aproveitar sunsets no Tejo.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT