Na cidade

O Muro das Namoradeiras na Praça do Comércio já está como novo

Uma das estruturas mais bonitas e simbólicas da cidade, o muro que faz homenagem ao amor, foi "devolvido aos cidadãos".
Foto da CML.

Vai buscar o seu nome, já antigo, aos bancos quadrados que estão de frente um para o outro, em par — são as “namoradeiras”. O muro que era uma das peças mais emblemáticas e acarinhadas da cidade, com obras interrompidas há vários anos, foi reconstruído e requalificado. E agora, anuncia a Câmara de Lisboa nas suas redes sociais, “devolvido à cidade”

O muro localizado junto ao Cais das Colunas, com vista para o Tejo, foi reconstruído de forma a preservar a sua forma original, tal como os postes de iluminação, que foram também reabilitados e repostos, preservando a silhueta deste património simbólico da cidade. O projeto é do arquiteto Bruno Soares. 

Nos comentários à publicação da autarquia, a grande maioria dos cidadãos elogia o regresso do muro, que dizem ser um marco de outros tempos, um dos seus locais favoritos e de melhor memória na cidade; outros apontam no entanto que este novo muro é mais baixo do que o original, o que levanta alguns reparos.

Em novembro de 2019, tinha sido anunciado que a cidade de Lisboa iria ter um novo cais na frente ribeirinha, desde o Terreiro do Paço à Doca da Marinha. O projeto pretendia dar à cidade condições únicas para a atividade marítimo-turística, o transporte público fluvial entre as duas margens do rio e a criação de espaços de lazer e equipamentos.

Do projeto de renovação faziam parte outros projetos que se interligam — como esta reconstrução do Muro das Namoradeiras — a retirada do aterro do Cais das Colunas, a reabilitação da Estação Sul e Sueste e da Doca da Marinha, a criação do Bacalhau Story Centre, do Centro Tejo e de um Cais de Apoio à Atividade Náutica, assim como o reforço de Pontões.

Publicado por Câmara Municipal de Lisboa em Quinta-feira, 15 de outubro de 2020

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT