Na cidade

O roteiro secreto para conhecer estas duas cascatas de sonho em Sintra

A Cascata de Fervença e a Cascata de Anços são sem dúvida dois dos melhores tesouros escondidos de Portugal.
A deslumbrante Cascata de Fervença.

As cascatas são dos fenómenos naturais mais apelativos e preciosos do nosso País. Existem vários exemplos no Gerês, nos Açores ou na Serra da Estrela. Porém, poucas pessoas conhecem estes dois exemplos maravilhosos em Sintra, mesmo ao lado de Lisboa, e que estão separados por apenas 10 quilómetros. 

A primeira é a Cascata de Fervença — ou Cascata da Bajouca. Fica na aldeia de Fervença e é alimentada por um ribeiro que advém da Granja do Marquês. Depois, precipita-se encosta abaixo em direção à Ribeira de Cabrela, afluente do Rio Lizandro. A cascata encontra-se num recanto de acesso difícil, uma vez que está mesmo ao pé de uma pedreira. Isso afeta não só a paisagem natural, como a própria água, que é imprópria para banhos. Não existem também caminhos marcados, por isso terá de seguir a direção da tal pedreira e guiar-se pelo som da água. Apesar de todos estes obstáculos, a Cascata de Fervença é sem dúvida um local que merece uma visita. 

A outra maravilha secreta de Sintra é a Cascata de Anços, também conhecida por Cascata do Mourão. Esta é alimentada pelo rio Mourão, um dos afluentes do rio Lisandro. O local situa-se entre as aldeias de Maceira e de Anços, mais perto desta última.

Ao contrário da cascata anterior, tem um percurso pedestre próprio que passa por algumas das paisagens mais incríveis desta região. Os 400 metros de trilho estão bem assinalados, garantindo assim que nunca se perderá. As redondezas da cascata foram também mobiladas com bancos, o que acabou por poluir o cenário natural deste roteiro que é “difícil” e “estreito” para quem quer chegar à cascata. Por vezes, o local também fica sem água, como aconteceu, por exemplo, em setembro de 2019. 

Carregue na galeria para ver mais fotografias destas duas cascatas em Sintra que permanecem desconhecidas para a maioria das pessoas. 

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT