na cidade

Obras no metro do Porto condicionam trânsito durante mais de um ano

A expansão da rede vai prejudicar alguns acessos na cidade que irão estar mesmo interditos à circulação de carros.
As obras vão durar vários meses.

Durante o próximo ano e meio, a circulação automóvel vai ser ainda mais complicada no centro do Porto. Estão a decorrer as obras de expansão do metro da cidade. Já havia cortes em algumas zonas e preparam-se mais desvios, condicionamentos e interdições durante os próximos meses.

Em causa está a construção da linha Rosa. Irá ligar a estação de São Bento e a Praça da Liberdade à Casa da Música. Passa pelo Hospital de Santo António, o Pavilhão Rosa Mota, o Centro Materno-Infantil, a Praça de Galiza e as faculdades do polo do Campo Alegre. As obras já começaram no final de março.

Desde o início de junho que a circulação de carros na Praça da Liberdade pela via poente está interrompida. Nesta área haverá novos condicionamentos a partir de quarta-feira, 10 de novembro, uma vez que irá começar a construção de um túnel com 20 metros de profundidade.

Segundo a agência Lusa, aqui citado pelo “Notícias ao Minuto”, a interdição de veículos entre a Rua dos Clérigos irá durar perto de 13 meses. Também na zona da Avenida de França, o troço inicial só deverá ser aberto no final de 2022. Várias paragens da STCP tiveram de mudar de localização devido a todos estes constrangimentos na baixa da cidade.

Ao mesmo tempo que está a ser construída a linha Rosa, está a ser feita a extensão da linha Amarela, que vai do hospital de São João até Santo Ovídeo, em Vila Nova de Gaia. Irá igualmente implicar alguns desvios.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT