Na cidade

OK Mobility distribui um milhão de euros pelos 450 funcionários como bónus de Natal

A quantia varia entre os 300 e os dez mil euros, consoante a longevidade na empresa. O anúncio apanhou toda a gente de surpresa.
Othman Ktiri, fundador e CEO da OK Mobility.

O Natal chegou mais cedo para os 450 funcionários da OK Mobility, empresa de Maiorca, fundada em 2004, que se dedica à venda e aluguer de carros. A 17 de dezembro, sem que nada o fizesse prever, os trabalhadores foram surpreendidos com a notícia de que o CEO Othman Ktiri ia distribuir um milhão de euros por todos os membros da equipa.

O anúncio foi feito pelo próprio Othman Ktiri no OK team day, que se realiza anualmente, e que desta vez teve lugar no estádio de Son Moix, onde o RCD Mallorca disputa os jogos de futebol. Os elementos da equipa que não puderam assistir fisicamente ao evento da marca — com presença em Portugal, Itália, Alemanha, Malta e Grécia — participaram via live streaming.

Os valores recebidos por cada empregado variam entre os 300 e os dez mil euros. A longevidade na empresa foi o único critério utilizado para definir quanto receberia cada um. Desta forma, um funcionário da escala mais básica conseguiu receber uma quantidade muito superior à de um diretor, explica Ktiri, em entrevista à NiT.

“Estou há anos a dar voltas a esta ideia e, agora, deram-se todas as circunstâncias para executá-la. Tivemos um grande ano na OK Mobility, onde fechámos o exercício com uns benefícios operativos que superam em 60 por cento os de 2019, ano pré-pandémia, e isso merecia um prémio”, acrescenta.

Para o empresário, este foi o dia “mais importante” da sua carreira”. E acrescenta: “Ao ser testemunha de tanta felicidade, sem dúvida, o mais feliz sou eu.”

O rececionista Paulo Guimarães fez questão de partilhar a notícia com o mundo. “O mínimo que podia fazer era divulgar a atitude de Othman, que apanhou a todos de surpresa e os deixou muito felizes”, explica à NiT.

Na empresa, praticamente desde o momento em que esta se instalou no País (abril de 2019), Paulo realçou o quão gratificante e motivador é trabalhar num local em que se sente valorizado. E este gesto não é caso único na tentativa de alcançar estes objetivos, apesar de ser o primeiro do género. São comuns, por exemplo, os sorteios de entradas para eventos desportivos relacionados com as equipas patrocinadas pela OK — como o RCD Mallorca — e bilhetes para concertos.

Também Gustavo Lopes, country manager, foi apanhado de surpresa com os prémios atribuídos, sobretudo “na fase em que vivemos”. Mais do que o dinheiro que, “obviamente, é muito importante”, Lopes destaca a atitude. 

Tanto Paulo como Gustavo coincidem na ideia de que a iniciativa vale, sobretudo, por Othman não ter nenhuma obrigação de tomar esta medida. Além de que, no momento em que tantas empresas atravessam situações delicadas e realizam movimentos em sentido contrário, o CEO tinha todas as desculpas para ficar com o dinheiro para si, consideram.

Já o empresário, salientou que “a dedicação, trabalho, esforço e, sobretudo, fidelidade dos trabalhadores foram o que converteram a OK Mobility naquilo que é hoje, uma empresa de mobilidade global que nasceu há 16 anos em Maiorca e agora conta com mais de 47 lojas, repartidas por oito países. Sem o trabalho de equipa isso não seria possível”.

Na jornada do OK team day, os sorteios de presentes vão de uma cesta de Natal a bilhetes de avião e estadias em hotéis. “Este ano, pedi ainda a todos os gestores e a mim mesmo, que somos quem recebemos mais ofertas dos nossos fornecedores e clientes durante as festas, que estas sejam repartidas por toda a equipa, para que seja mais equitativo,” concluiu.

Carregue na galeria para ver o momento em que os funcionários descobriram que iriam receber o bónus de Natal.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT