Na cidade

ONU está preocupada com o efeito das alterações climáticas na Madeira

Uma cientista portuguesa alerta para os perigos associados à subida do nível médio do mar.

As alterações climáticas estão a preocupar todo o mundo e Portugal não é exceção, sendo que Madeira está a merecer especial atenção. Esta segunda-feira, 6 de janeiro, Joana Portugal Pereira, cientista da Organização das Nações Unidas (ONU), revelou que a ilha está “particularmente vulnerável”.

“Esta subida do nível médio do mar promove também a erosão de toda a região costeira, eventualmente deslizamentos de terra, e maior ocorrência de períodos de grandes precipitações, que podem depois desenrolar-se em cheias”, disse, citada pelo site “TVI24”, numa conferência organizada pela presidência da Assembleia Legislativa da Madeira, no Funchal.

A especialista, que é coordenadora de um grupo de trabalho do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas da ONU, alertou também para o aumento das temperaturas. Esperam-se verões cada vez mais extensos e secos, potenciando a ocorrência e o risco de incêndios florestais.

Para evitar estes cenários, segundo a cientista, é necessário “atuar em todas as frentes”, destacando a necessidade de desenvolver políticas de baixo carbono, expandir a capacidade instalada de energias renováveis, alterar os padrões de consumo, repensar os padrões de mobilidade e adotar meios de transporte menos dependentes de combustíveis fósseis.

“As alterações climáticas tornaram-se um tema muito atual e acredito que a maioria da população está ciente dos riscos associados e das formas de reduzir o nosso impacto sobre as emissões de gases de efeito estufa”, acrescentou.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT